Canon celebra 10 anos de vida da gama EOS Cinema

A Canon está de parabéns, com o 10º aniversário do seu ecossistema EOS Cinema, com câmaras desde a EOS C300 à EOS C70, e uma vasta gama de objectivas.

A Canon está a celebrar o 10º aniversário da sua gama EOS Cinema, que tem sido elogiada por inúmeros cineastas, como Jimmy Chin, realizador e produtor do documentário “Free Solo”, vencedor de um Óscar. Para comemorar a data, no próximo episódio do Podcast da Canon (Shutter Stories), serão debatidos assuntos como a ciência da cor e a elevada qualidade de imagem dos equipamentos Canon, onde Jimmy irá partilhar como a gama EOS Cinema tem apoiado o seu percurso profissional.

Criada em 2011, o sistema EOS Cinema começou com o lançamento da EOS C300, a primeira câmara digital Full HD de cinema dedicada da Canon, que utilizava um sensor CMOS, capaz de alcançar uma reprodução de vídeo comparável ao de uma película de 35 mm, tendo a câmara sido premiada com um Emmy de Tecnologia e Engenharia em 2012.

Desde então, esta gama tem sido adoptada não só por entusiastas como profissionais do cinema, em documentários como “O Sal da Terra” de Sebastião Salgado, vencedor de um Óscar em 2015, a Vida de Adèle, vencedor da Palma de Ouro em 2013, Capitão Philips de Tom Hanks, a série da Netflix Grace and Frankis, 13 vezes nomeada para os Emmys, e o já referido documentário Free Solo de Jimmy Chin, vencedor de um Óscar em 2019.

Ao todo, já foram lançadas 13 câmaras da gama EOS Cinema, a EOS C300 de 2011 com sensor Super-35 com encaixe para objectivas EF e PL, a EOS 1D C, a EOS C100 e EOS C500 em 2012, a EOS C100 Mark II em 2014. EOS C300 Mark II em 2015, EOS C700 em 2016, EOS C200 e C200B em 2017, EOS C500 Mark II em 2019, EOS C300 Mark III e EOS C70 em 2020, EOS C100 Mark III este ano, estando previsto o lançamento da futura EOS C200 Mark II para o próximo ano, e um futuro modelo EOS 8K, ainda sem data de lançamento definida.