Notch nos ecrãs nos ecrãs dos novos MacBook Pro causam problemas em algumas aplicações

Os novos Macbook com um recorte no ecrã para a webcam causam problemas com algumas aplicações.
Notch

Os novos computadores portáteis da Apple, apresentados há uma semana, incluem um recorte, ou ‘notch’, na parte superior do ecrã, semelhante ao que está nos iPhones, desde que a empresa optou por usar o sistema de reconhecimento facial Face ID. No entanto, os novos MacBook, apesar de trazerem o ‘notch’ com uma câmara, não têm Face ID e agora vários utilizadores dizem que algumas aplicações, com um maior número de itens na barra de menus, deixaram de funcionar correctamente, porque alguns desses itens ficam escondidos na área não utilizável no topo do ecrã.

Quinn Nelson, do canal de Youtube Snazzy Labs, diz que algumas aplicações, como a iStat Menus, deixaram de funcionar correctamente, porque alguns dos itens do menu ficam por trás do notch. Isto acontece porque, ao contrário do Windows, em que cada janela tem a sua própria barra de menus, no macOS existe uma barra de menus única, que é usada pelas aplicações que estão a ser executadas. A Apple publicou conselhos para os programadores conseguirem fazer funcionar correctamente as suas aplicações em máquinas com o ‘notch’, mas o responsável pela iStat disse no Twitter que os conselhos publicados pela Apple não resolvem o problema.

 

Supostamente, quando os itens dos menus passam para trás do ‘notch’ não podem ser seleccionados, porque o apontador do rato não entra nessa área devido a uma protecção do sistema operativo que o impede de entrar na zona que não pode ser utilizada.

No entanto, esta protecção parece não funcionar em todos os casos, porque, segundo o site 9to5Mac, no Finder (a interface gráfica do macOS), o apontador do rato pode ser colocado na área ocupada pelo ‘notch’. Outro problema ocorre quando se passam os itens adicionais dos menus da esquerda do ‘notch’ para a direita, onde podem interferir com os ícones de estado das aplicações e do próprio sistema operativo.

Para além dos problemas causados pela implementação de uma zona morta no topo do ecrã dos novos MacBook, a falta de consistência na forma como essa zona é gerida, cria alguma frustração, tantos nos utilizadores, como nos programadores.

Devido a muitas aplicações terem poucos menus, a maioria dos utilizadores não deve ter problemas sérios, no entanto a Apple tem de trabalhar com quem desenvolve o software para os Mac de forma a conseguir criar alguma consistência na forma como as aplicações se comportam na presença do ‘notch’.