Facebook pode mudar de nome na próxima semana

Depois da Google ter criado a Alphabet, aparentemente agora é a vez do Facebook criar uma nova empresa que irá gerir o seu portefólio de produtos e serviços.

Quase de certeza que a rede social não vai mudar de nome, mas de acordo com uma notícia publicada pelo The Verge, a empresa “Facebook” pode mudar de nome a partir da próxima semana. Segundo a mesma notícia, o novo nome vai reflectir o foco da empresa na construção do “metaverse” (metaverso), um conceito que, recentemente, tem ganhado alguma importância no mundo das tecnologias.

O anúncio poderá ser feito por Mark Zuckerberg na conferência anual Connect, que se vai realizar a 28 de Outubro, mas, segundo o The Verge, também pode ser feito mais cedo. Esta mudança de nome vai posicionar a rede social Facebook na dependência de uma empresa separada que também irá gerir o Instagram, o WhatsApp e os outros serviços e produtos. Esta alteração de estrutura não é nova, em 2015 a Google criou a Alphabet para gerir todos os seus produtos e serviços.

Mark Zuckerberg disse ao The Verge em Julho que, no futuro, o Facebook vai deixar de ser uma empresa baseada em redes sociais, para se tornar uma empresa baseada no “metaverse”. Anteriormente, Zuckerberg já tinha dito que este novo conceito vai ser uma parte importante do próximo capítulo da evolução da Internet, depois da invenção da Internet móvel. 

Nos últimos tempos, o Facebook tem-se focado no desenvolvimento do “metaverse”, com a criação de uma equipa dedicada. Há dias, a empresa anunciou que planeia contratar 10000 pessoas na Europa para trabalhar na base tecnológica que irá permitir o funcionamento do “metaverse”. Também investiu recentemente 50 milhões de dólares em programas internos e externos para ajudar na “construção responsável do metaverse.”

Exit mobile version