European Rocketry Challenge. A competição nacional de lançamento de foguetes universitários regressa em Outubro

«Atrair jovens para a ciência e tecnologia são prioridades» sublinha a Agência Espacial Portuguesa.
©IST
©IST

A Agência Espacial Portuguesa vai organizar a segunda edição do European Rocketry Challenge (EuRoc), uma competição que este ano junta dezanove equipas e quase quatrocentos estudantes de treze países europeus.

Este ano, o EuRoc conta, pela primeira vez, com uma equipa portuguesa, a RED, do Instituto Superior Técnico (IST). O grupo (na foto), composto por cinquenta estudantes, faz parte do núcleo de aeronáutica do IST e participa com o foguete Blimunda.

Sem entrar na competição deste ano, há outra presença nacional: uma equipa da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto vai fazer um teste com o seu primeiro foguetão.

«Atrair jovens para a ciência e tecnologia são prioridades» sublinha a Agência Espacial Portuguesa, que quer ainda «despertar os jovens para as áreas engenharia e matemática (STEM)» e «fortalecer competências na área do Espaço por meio da pesquisa, educação e cultura científica».

Em 2021, os alunos de engenharia que vão participar no EuRoc têm de projectar, construir e lançar foguetes a partir do Campo Militar de Santa Margarida, em Constância (Santarém).