Descoberta nova solução para contornar limitação na mineração de criptomedas da Nvidia

O software T-Rex acaba de disponibilizar uma solução que permite minerar duas criptomoedas ao mesmo tempo, como forma de contornar a tecnologia LHR.

Aos poucos vão sendo descobertas novas soluções que permitem contornar a limitação imposta pela Nvidia nos últimos modelos das suas GeForce RTX 30 LHR, como sucedeu recentemente com o software de mineração NBminer, que conseguiu recuperar até 70% da capacidade de mineração das placas gráficas afectadas com a limitação.

Desta vez foi outro software de mineração, T-Rex, que descobriu outra forma de contornar a tecnologia de limitação de mineração da Nvidia, através da alocação da capacidade de processamento da placa na mineração de duas criptomoedas. Assim sendo, utilizando o software T-Rex, poderá usar 30% da capacidade de processamento da placa gráfica para minerar Ethereum, aproveitando os restantes 70% para minerar outras moedas, como Ergo ou Ravencoin.

Software T-Rex a minerar Ethereum e Ergo ao mesmo tempo

Existe, no entanto, um problema, que está relacionado com as necessidades de hardware do software para minerar as respectivas criptomoedas. Por exemplo, para minerar Ethereum ou Ergo, precisará de 8 GB de memória dedicada na placa gráfica, enquanto que Ravencoin apenas exige 2GB, o que implica que para poder minerar estas duas criptomoedas ao mesmo tempo, a sua placa gráfica precisa de ter mais de 10 GB de memória dedicada.

Assim sendo, se tiver uma GeForce RTX 3070 ou RTX 3060 Ti, não poderá experimentar esta solução de dupla capacidade de mineração do software, uma vez que estas apenas dispõem de 8 GB de memória dedicada.