Acer Swift X 14

A Acer introduziu este ano a série X dentro da popular gama Swift. Saiba o que traz de novo.

Revelado pouco antes da Computex deste ano, em Taiwan, a Acer anunciou a nova série X dentro da gama Swift, com o objectivo de oferecer um desempenho superior dentro de uma categoria de computadores portáteis que querem ser apenas bons ultraportáteis. Mantendo uma estrutura fina e compacta, mas bastante robusta, o Swift X 14 conta com um bom ecrã IPS FullHD 1080p de catorze polegadas, capaz de reproduzir 100% do espectro de cores sRGB. Poderia ter mais ligações, mas temos o suficiente para uma utilização quotidiana, sem precisar de estar a usar um hub USB. Porém, é pelo interior que este novo ultrabook da Acer mais se destaca.

Plataforma AMD
Para começar, o X 14 é obrigado a abandonar o termo ‘ultrabook’, já que isto obriga à utilização de uma plataforma Intel. Este equipamento utiliza uma plataforma AMD de arquitectura Zen3, ao recorrer aos préstimos do poderoso, mas eficiente AMD Ryzen 7 5700U, um processador de oito núcleos (dezasseis threads) com 8 MB de cache L3 que funciona a uma frequência base de 1,8 GHz, mas capaz de atingir os 4,3 GHz graças à tecnologia Max Boost.

Este processador vem acompanhado de uma controladora gráfica integrada, uma AMD Radeon Graphics de oito núcleos gráficos a 1900 MHz, uma solução significativamente superior, até ao momento, a qualquer alternativa encontrada em plataformas Intel. Este portátil tem ainda 16 GB de memória RAM DDR4 e um SSD NVMe PCIe 3.0 com 1 TB.

Desempenho acima da média
Devido às limitações impostas pela plataforma, e pela necessidade de ter uma bateria duradoura, um ultrabook tende a estar associado a um desempenho pouco entusiasmante. À partida, a AMD Radeon Graphics integrada já é o suficiente para o deixar preparado para correr alguns jogos mais populares, mas a Acer achou que o utilizador deste Swift X merecia mais. Como tal, a marca decidiu incluir uma Nvidia GeForce GTX 1650 com 4 GB de memória dedicada.

É certo que esta placa já tem alguns anos, mas continua a ser uma solução bastante capaz para correr a maioria dos jogos a 1080p. Se ainda for insuficiente, a Acer permite a instalação de uma GeForce RTX 3050 Ti neste chassis, o que é impressionante, tendo em conta as dimensões do mesmo.

Destaque ainda para a excelente eficiência energética desta plataforma: em conjunto com a bateria de quatro células, garantiu mais de nove horas de autonomia, com a vantagem de ser rapidamente carregada, graças ao alimentador de 90 W fornecido.


Distribuidor: Acer

Preço: €1049


Benchmarks

  • PCMark 10 Essential: 8768
  • PCMark 10 Productivity: 7415
  • PCMark 10 Battery: 562 minutos
  • 3D Mark Cloudgate: 33 718

Ficha Técnica

Processador: AMD Ryzen 7 5700U 1,8 GHz
Memória: 16 GB DDR4
Armazenamento: 1 TB SSD NVMe
Placa Gráfica:
AMD Radeon Graphics + Nvidia GeForce GTX 1650 4GB
Ecrã:
14” IPS LED (1920 x 1080)
Ligações:
2 x USB 3.2 Gen1, USB-C 3.2 Gen2, HDMI, jack 3,5 mm
Dimensões: 322,8 x 212,2 x 17,9 mm
Peso: 1,5 kg