Pagar um ramen com Bitcoin, Dogecoin ou Ethereum? O restaurante Ajitama rendeu-se às criptomoedas

Na altura de pagar a conta com criptomoedas, o restaurante usa outra app para gerar um código QR que deve ser lido pela câmara do smartphone.
©Ajitama
©Ajitama

O restaurante asiático Ajitama, em Lisboa, já aceita pagamentos com criptomoedas: Bitcoin, Bitcoin Cash, Ethereum, Dogecoin, Litecoin, DAI e USDC.

Em Portugal, o pagamento com criptomoedas em restaurantes não é uma novidade: em Lisboa temos, por exemplo, o Paparrucha e os Musashi de Sintra e Cascais; no Porto, o Moules e a Churrasqueira Central de Franco também aceitam moedas digitais, segundo do site Coinmap.

Leia o artigo completo no TRENDY.