Nvidia lança CMP 170HX, que usa GPU Ampere GA100, e consegue minerar a 164 MH/s

A nova CMP 170HX utiliza o GPU Ampere GA100, um arrefecimento passivo, apenas uma ligação de alimentação PCIe, mas garante um hash rate de 164 MH/s.

Já lhe tínhamos dado a conhecer que a Nvidia planeava lançar uma placa gráfica da nova gama CMP HX, para mineração de criptomoedas, baseada no processador gráfico Ampere GA100, que foi originalmente lançado para placas gráficas PCIe para trabalhos de computação de alto desempenho, ou em formato de módulo SXM, para ser utilizado em sistemas paralelos, como supercomputadores.

O primeiro modelo da série CMP HX a utilizar este GPU é a nova Nvidia CMP 170HX, que utiliza uma versão limitada do GPU Ampere GA100, ao utilizar apenas 4480 núcleos CUDA, em vez dos 6912 núcleos disponíveis no GPU original. Este GPU está associado a 8 GB de memória HBM2e, em vez dos habituais 40 ou 80 GB utilizados nas versões para datacenters e workstations.

Este GPU trabalha a uma frequência de 1410 MHz, estando as memórias programadas para os 1.4 GHz, o que por sua vez corresponde a uma largura de banda de 1.5 TB/s. Graças a estas limitações, esta placa não necessita de usar uma ventoinha para arrefecimento, utilizando apenas um dissipador passivo, embora de grandes dimensões, e apenas uma ligação de alimentação PCIe adicional de 8 contactos, para um TDP máximo de 250W.

Tudo isto permitirá atingir uma capacidade de processamento (hash rate) de 164 MH/s, o que corresponde a mais 40% do que a capacidade de processamento de uma GeForce RTX 3090 devidamente optimizada. Até ao momento, a única forma de optimizar esta CMP 170HX é através da redução da frequência do GPU, por forma a permitir um hash rate de 158 MH/s com apenas 190W de consumo de energia.

Tendo em conta que uma Ampere A100 habitualmente custa acima de 11 mil dólares, e que esta CMP 170 HX deverá rondar os 2000 a 3000 dólares, a Nvidia aplicou algumas restrições para evitar ser aproveitada para utilização em segmentos profissionais, como a remoção de todas as portas de vídeo, e a interface PCIe 4.0 x1, o que irá limitar significativamente a largura de banda de comunicação entre o GPU e o CPU do sistema.

Exit mobile version