Far Cry 6 vai usar Ray Tracing e AMD FidelityFX Super Resolution em exclusivo no PC

O próximo grande título da Ubisoft, que será lançado a 7 de Outubro, será compatível com DirectX Ray Tracing e AMD FidelityFX Super Resolution, mas só no PC.

Numa entrevista dada em exclusivo à página wccftech.com, Stephanie Brenham, a responsável de programação da Ubisoft, respondeu a várias questões relacionadas com as tecnologias que serão compatíveis com o próximo grande título da saga Far Cry, que será lançado a 7 de Outubro para PC (via Epic Games Store e Ubisoft Store), PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series S/X, Google Stadia e Amazon Luna.

Segundo Stephanie Brenham, Far Cry 6 continuará a usar o motor gráfico New Dawn, mas este foi fortemente melhorado, para ser mais dependente das elevadas capacidades de processamento das placas gráficas, não estando assim tão limitado pelo CPU, como aconteceu em títulos anteriores.

Quando questionada sobre as tecnologias compatíveis com Far Cry 6, a responsável da Ubisoft indicou que para as consolas, a prioridade foi garantir uma jogabilidade de resolução 4K a 60 fps, tendo sido atribuído apenas aos PCs a compatibilidade com tecnologias como DXR (DirectX Ray Tracing), AMD FidelityFX Super Resolution, frame rate ilimitado, compatibilidade com monitores ultra panorâmicos e FOV (campo de visão) ajustável.

A escolha da tecnologia DXR prende-se com a necessidade de tornar o acesso ao Ray Tracing mais acessível, permitindo assim que sistemas de média gama possam tirar partido da mesma, em vez de estarem limitados a um só fabricante, bem como a sistemas topo de gama. Segundo uma tabela com os requisitos para PC, é possível ver o tipo de hardware necessário para se correr a 1080p a 30 e 60 fps, 1440p a 60 fps, e 1440p a 60 fps e 4K a 30 fps, ambas com Ray Tracing activado: