Europa quer que todos os fabricantes de telemóveis usem apenas USB-C

Esta proposta da Comissão Europeia, pode ditar o fim das entradas Lightning nos dispositivos Apple.

A Comissão Europeia propôs esta semana, uma nova directiva que obriga todos os fabricantes de telemóveis a usarem entradas USB-C para a ligação dos carregadores e transferência de dados. O objectivo desta proposta é a redução do lixo electrónico e facilitar a vida aos consumidores que a existência de normas de ligação diferentes e incompatíveis. A Comissão Europeia também quer que os fabricantes deixem de incluir carregadores nas embalagens de produtos novos.

De acordo com a Comissão: “Com esta proposta, as entradas USB-C serão o padrão tem todos os smartphone, tablets, câmaras, auscultadores, colunas portáteis e consolas portáteis.”

Segundo a União Europeia, o trabalho desenvolvido em conjunto com os fabricantes conseguiu reduzir o número de carregadores de telemóveis de 30 para 3 tipos em 10 anos. Um dos últimos é a Apple, com a entrada Lightning que é usada em cerca de 20% dos dispositivos vendidos na Europa. 

Quando foi votada na União Europeia a adopção de um tipo universal de carregador no ano passado, a Apple disse que essa proposta iria “limitar a inovação”. Após a proposta desta semana a Apple não mudou de opinião: “Continuamos preocupados que a regulamentação que obriga a utilização de um único tipo de ligação limita a inovação, em vez de a encorajar. Isto vai prejudicar os consumidores europeus e de todo o mundo”, disse um porta-voz da Apple à BBC.

No entanto, desde o lançamento do iPhone 12, a Apple deixou de incluir um carregador na embalagem de cada dispositivo vendido. Segundo a empresa, a decisão de não incluir o carregador permite a poupança de 860000 toneladas de cobre, zinco e estanho. Pouco tempo depois, a Samsung decidiu fazer eliminar os carregadores das embalagens do telemóveis.

A Apple já usa entradas USB-C para o carregamento das baterias dos portáteis Macbook e em alguns modelos do iPad, desde a altura em que o USB-C começou a permitir a passar voltagens mais altas.

Desde há bastante tempo que grande parte dos smartphones Android usam entradas USB-C e como já foi referido, a Samsung e outros fabricantes deixaram também de vender smartphones acompanhados de carregadores. No ano passado foram vendidos 420 milhões de dispositivos electrónicos portáteis na Europa.

Segundo a Bloomberg, na União Europeia são descartadas 12000 toneladas de carregadores todos os anos e alguns sem terem sido usados. Ao mesmo tempo, os consumidores europeus gastam 2,4 mil milhões de euros em carregadores.

A nova directiva proposta agora, necessita de ser aprovada no parlamento europeu e nos parlamentos nacionais dos países membros.

Exit mobile version