Biostar lança motherboard perfeita para minerar Ethereum e Chia

A nova Biostar TZ590-BTC Duo oferece 9 ligações PCIe para minerar Ethereum com placas gráficas, e 4 portas M.2 e 10 SATA III para minerar Chia.

A Biostar acabou de revelar uma nova motherboard, destinada a entusiastas, que tem como particularidade o facto de permitir minerar vários tipos de criptomoedas ao mesmo tempo. Equipada com um chipset Intel Z590, ao qual se junta um encaixe LGA-1200, compatível com qualquer processador Intel Core da 10ª e 11ª geração, esta motherboard diferencia-se pela elevada conectividade.

Designada de Biostar TZ590-BTC Duo, esta motherboard conta com uma ligação PCIe 4.0 x16, ao qual se juntam 8 ligações adicionais PCIe 3.0 x1, ideais para ligar várias placas gráficas para minerar Ethereum, por exemplo. Para além destas ligações, conta ainda com quatro encaixes M.2 PCIe NVMe e 10 portas SATA III, sendo esta uma solução perfeita para minerar Chia, ao usar SSD rápidos para “cultivar” e discos rígidos SATA de grande capacidade para armazenamento.

Esta motherboard é compatível com memórias DDR4 até 3600 MHz (quatro módulos), até uma capacidade máxima de 128 GB, e conta ainda com ligações externas PS/2, HDMI, VGA Sub-D, quatro portas USB 3.2 Gen1, duas portas USB 2.0, uma saída Gigabit Lan e três saídas jack de áudio com 7.1 canais. Não se sabe ao certo quando chegará ao mercado, nem a que preço.

Exit mobile version