Lenovo Legion Phone Duel 2

Este smartphone para jogos faz muito poucos compromissos.

É uma consola portátil que permite fazer chamadas e navegar pelas redes sociais? Ou é um telemóvel que consegue executar jogos como uma consola? O Legion Phone Duel 2 quer ser as duas coisas ao mesmo tempo. Este smartphone pensado para jogar tem um ecrã Amoled com 144 Hz e é capaz de reproduzir imagens em modo HDR10+, tudo a uma resolução máxima de 1080 x 2460.

Este Legion tem um SoC Snapdragon 888 5G (um processador com oito núcleos), uma GPU Adreno 660 e pode ser comprado nas versões de 12 GB / 256 GB ou 16 GB / 512 GB (a Lenovo enviou-nos a versão de topo).

Duas entradas de carregamento
Este smartphone tem uma bateria 5500 mAh (sem carregamento por indução) com uma característica diferente de outros smartphones deste tipo: o sistema de carregamento. Dentro da caixa está uma fonte de alimentação com duas entradas USB Type-C (e outros tantos cabos do mesmo tipo) – se usarmos um único cabo, conseguimos carregar a bateria a 65 W; caso optemos pelos dois em simultâneo, o carregamento faz-se a 9 W, o que corresponde a 50% da bateria carregada em doze minutos e 100% em trinta. Nos nossos testes conseguimos valores muito perto dos anunciados, com 47% em doze minutos e 100% em 37 minutos, o que não deixa de ser impressionante.

O design foi pensado claramente para quem joga, porque o sistema de câmaras principal (uma de 64 MP e outra ultrawide de 16) foi colocado no meio da traseira, para que possamos segurar o smartphone com as duas mãos na horizontal, sem tapar as câmaras. Junto às câmaras está uma pequena ventoinha que serve para ajudar na dissipação de calor dos sistemas principais do smartphone quando este está a processar tarefas mais exigentes. Nesta zona está também o inevitável LED, tão comum em hardware para jogos, que pode ser controlado através de uma app específica para o efeito.

Câmara escondida
A câmara frontal de 44 MP é motorizada e está “escondida” do lado direito do telefone, sob o botão para ligar e desligar. Se a abrir com o telefone na vertical, o sistema roda automaticamente a imagem para que fique direita quando tira uma foto ou grava um vídeo. Esta colocação da câmara é algo estranha e requer alguma habituação. Por outro lado, também não sou grande adepto de câmaras motorizadas, porque esses mecanismos são mais um ponto de falha do sistema.

Com 259 gramas, o Legion Duel 2 é um smartphone pesado, quando comparado com modelos de dimensões semelhantes. Isto só se pode explicar pelo sistema de refrigeração, que teve de ser ampliado para conseguir dissipar o calor quando se está a jogar. Quanto à espessura (sem contar com a saliência da câmara no centro) é também exagerada, por causa da combinação da bateria e também do já referido sistema de refrigeração.

A qualidade de imagem do ecrã Amoled é bastante boa, mas as cores são algo saturadas de mais. Os 144 Hz notam-se pela fluidez com que tudo se move no ecrã tanto nas apps mais tradicionais, como nos jogos. A velocidade geral do sistema elevada: aliás, nas nossas medições, o Legion conseguiu bater a concorrência em muitos dos testes de desempenho.

Mas isto tem um preço, e, no caso dos smartphones, isso é pago em tempo de vida da bateria, entre cargas. O Legion Duel 2 conseguiu um valor de pouco mais de nove horas, o que é relativamente modesto para um smartphone com uma bateria deste tipo, quando comparado com outros smartphones da mesma gama de preços.


Distribuidor: Lenovo

Preço: €999,99


Benchmarks

  • Antutu: 832 265
  • PCMark Work: 15 902
  • PCMark Bateria (minutos): 542
  • 3D Mark Ice Storm Unlimited: 131 278

Ficha Técnica

Processador: Qualcomm Snapdragon 888
Memória: 16 GB
Armazenamento: 512 GB
Câmaras: 64 MP (traseira) + 44 MP (frontal)
Ecrã: 6,92″ FHD Amoled (2460 x 1080)
Bateria: 5500 mAh
Dimensões: 176 x 78,5 x 9mm
Peso: 259 gr