Criptomoedas fora da Mi Store: decisão foi «repentina» e não teve a «aprovação da Xiaomi Global»

O anúncio tinha sido feito na Quarta-Feira: era uma parceria com a plataforma Utrust e permitia usar Bitcoin, Ethereum, Utrust Token, Theter ou Dash.
©Mi Store / DR.
©Mi Store / DR.

Afinal, a Xiaomi Portugal já não vai aceitar pagamentos com criptomoedas em Portugal, em compras na sua loja online Mi Store.

O anúncio tinha sido feito na Quarta-Feira: era uma parceria com a plataforma Utrust e permitia usar Bitcoin, Ethereum, Utrust Token, Theter ou Dash.

Contudo, a Mi Store assume agora que a decisão foi tomada sem a casa-mãe ter sido consultada: «Esta oferta foi feita de forma repentina sem a prévia aprovação da Xiaomi Global e não passou pelos canais e processos regulatórios apropriados», diz a marca em comunicado.

A opção de pagar com criptomoedas já não está entre os modos de pagamento de compras na Mi Store, que volta a ter apenas os métodos tradicionais: MBWay, Multibanco, Paypal, cartão de crédito, transferência bancária ou financiamento com TAEG de 0%.