Portégé X30W-J-10C

A Dynabook enviou-nos mais um Portégé, desta vez com ecrã táctil e capacidade de dobrar totalmente o ecrã para se transformar em tablet - e mais uma vez com peso abaixo de um quilo.

Se há portáteis que podemos considerar como pesos-pluma são os Portégé da Dynabook – em poucos meses, este é o segundo modelo que a marca nos enviou para teste, com peso abaixo de um quilo e, agora, com uma capacidade que o torna mais polivalente e flexível que um portátil tradicional. O ecrã pode ser rodado de forma total e “colar-se” à traseira do computador para lhe dar um formato de tablet.

Este conceito não é novo, longe disso, mas a verdade é que nos continua a dar o melhor de dois mundos: por um lado, ficamos com um computador em que apenas usamos o ecrã para interagir com o sistema operativo; por outro continuamos a ter um laptop tradicional, para fazer o clássico trabalho de escritório e usar as ferramentas de office, para escrever, criar tabelas ou apresentações. Outra possibilidade é usar o modo “tenda” para consumir conteúdos multimédia, como séries e filmes de plataformas de streaming.

Boas dobradiças e duas câmaras
Para que computadores deste género assumam os formatos de tablet ou tenda e sejam resistentes, as dobradiças têm um papel fundamental – as do Portégé X30W parecem ser muito sólidas e capazes de aguentar várias “transformações”; a tampa parece não ser assim tão sólida e o facto de ser feita em plástico pode contribuir para que haja a sensação de que o ecrã não está assim tão bem protegido como parece. Contudo, a Dynabook diz que este modelo tem certificação militar MIL-STD-810G, o que nos pode deixar mais descansados, mas a verdade é que o baixo peso do X30W e o facto de termos conseguido dobrar levemente a tampa e o ecrã, deu-nos a ideia de alguma fragilidade.

Quando colocamos o Portégé X30W em modo tablet, há um detalhe que lhe dá uma versatilidade-extra: além da webcam que temos no topo moldura do ecrã, há outra câmara na zona do teclado, por cima da F6, que funciona como câmara traseira. Desta forma, podemos usar este computador para gravar vídeo e tirar fotografias como se fosse um verdadeiro tablet.

Caneta com tecnologia Wacom

O ecrã de 13,3 polegadas do Portégé X30W é FHD (1920 x 1080) e mate, o que significa que não vamos ver o nosso reflexo enquanto o usamos, mesmo com o ecrã todo preto. Ainda no campo da multimédia, este computador tem um sistema de som Harman Kardon, cujas colunas ficam na parte de baixo, junto à zona onde colocamos os pulsos, quando estamos a teclar. Mais uma vez a palavra é ‘versatilidade’, uma vez que tanto conseguimos ouvir bem o som quando o computador está em modo tablet, como em formato laptop.

Finalmente, o Portégé X30W vem com uma caneta com tecnologia Wacom AES 2.0 que traz várias pontas, mas que não se prende ao computador por ímanes como acontece com alguns modelos. O recurso que a Dynabook encontrou é uma espécie de bolsa que temos de colar na tampa do portátil e que não nos convenceu, uma vez que acaba por ser um corpo estranho; além disso, provavelmente, poder-se-á descolar com a utilização intensiva.


Distribuidor: Dynabook

Preço: €1715


Benchmarks

  • PCMark 10 Produtividade: 6345
  • PCMark 10 Home: 4701
  • 3D Mark Cloudgate: 18 228
  • PC Mark 8 Home: 804 minutos

Ficha Técnica

Processador: Intel Core i7-1165G7 2,80 GHz
Memória: 16 GB DDR4
Armazenamento: 512 GB NVMe M.2 PCIe
Placa Gráfica: Intel Xe Graphics
Ecrã: 13,3 polegadas Full HD (1920 x 1080)
Ligações: HDMI, 2 x USB Type-C, 1 x USB 3.1, slot microSD, jack 3,5 mm
Dimensões: 303,9 x 197,4 x 17,9 mm
Peso: 989 gramas

Exit mobile version