Twitter anuncia novo serviço com subscrição paga ‘Twitter Blue’

Para já, o novo serviço pago do Twitter só vai funcionar na Austrália a Canadá.
Twitter

O Twitter anunciou oficialmente o serviço Twitter Blue. Este novo serviço requer o pagamento de uma subscrição mensal e permite o acesso a novas funcionalidades, como a possibilidade de anular tweets e ver threads numa forma mais fácil de ler, chamada ‘Reader Mode’. O novo serviço vai, para já, estar apenas disponível no Canadá e Austrália e irá custar 3,49 dólares canadianos e 4,49 dólares australianos por mês respectivamente. 

Twitter_Undo
A funcionalidade de anulação de tweets.

Uma das novas funcionalidades é a possibilidade de anular tweets depois de os escrver, mas antes de estarem disponíveis na timeline. O utilizador pode definir o período de tempo em que é possível anular um tweet que poderá ter uma duração máxima de 30 segundos. Existe também uma funcionalidade chamada ‘Bookmark folders’ que permite aos utilizadores agrupar tweets que tenham sido gravados para que sejam mais fáceis de encontrar posteriormente. O ‘Reader Mode’ permite-lhe ler threads de uma forma mais fácil porque agrupa os tweets de uma thread todos numa única página.

Reader_Mode Twitter
O modo de leitura do Twitter Blue.

Outras funcionalidades incluídas no novo serviço Twitter Blue são puramente estéticas, como as novas opções de cores e a possibilidade de alterar a cor do ícone da app do Twitter.

Bookmark_twitter
Os novos Bookmarks do Twitter.

Os subscritores do Twitter Blue também terão acesso a um serviço de apoio ao cliente dedicado. Isto quer dizer que os problemas que utilizadores do Twitter Blue tenham com o serviço, ou com a conta do Twitter (incluindo as denuncias de contas consideradas abusivas), serão resolvidos mais rapidamente.

Segundo o Twitter, o serviço chega primeiro à Austrália e Canadá para perceber melhor o que faz com que a experiência de utilização do Twitter “mais personalizada, mais expressiva e melhor”. Não foi revelado quando é que o serviço vai chegar a mais mercados.

A oferta de um serviço com subscrição paga é uma mudança significativa no modelo de negócio do Twitter que estava em estudo há algum tempo. Até agora, a principal fonte de rendimento do Twitter era a venda de publicidade, mas a feroz concorrência neste campo e também a pressão de alguns investidores, obrigou a empresa a procurar novas fontes de rendimento.

No início de Maio, o Twitter começou a testar um serviço chamado Tip Jar que permite aos utilizadores enviarem pagamentos únicos para as suas contas preferidas. Em Fevereiro foi anunciada a funcionalidade Super Follows, que, eventualmente, irá permitir aos utilizadores criarem subscrições pagas para coisas como tweets, grupos comunitários ou newsletters. O Twitter ainda não anunciou quando é que esta funcionalidade será lançada.