Nvidia apresenta a GeForce RTX 3080 Ti

A nova placa gráfica da Nvidia para jogos vem acompanhada da mais barata RTX 3070 Ti que tem 8 GB de memória RAM GDDR6X.
RTX3080_Ti

A Nvidia apresentou ontem a sua nova placa topo de gama para jogos, a GeForce RTX 3080 Ti. O processador gráfico desta placa é baseado na arquitectura Ampere, esta placa será a sucessora da GeForce RTx 3080 prometendo 1,5 vezes mais desempenho que a 2080 Ti da geração anterior. As vendas começam a 3 de Junho e a placa vai custar 1199 dólares (cerca de 980 euros) nos Estados Unidos.

Por fora, a RTX 3080 Ti é muito semelhante à RTX 3080 e oferece o mesmo design e ligações. A principal diferença não é visivel, trata-se de um aumento na quantidade de memória e consumo energético. Com 12 Gb de memória GDDR6X, a GeForce RTX 3080 tem mais memória dedicada que a RTX 3080. As especificações do novo GPU estão muito perto das do processador que equipa a GeForce RTX 3090, mas com metade da capacidade de memória RAM.

Fisicamente a RTX 3080 Ti e a RTX 3090 são algo semelhantes, mas a 3090 tem um dissipador de calor maior, o que dado as semelhanças entre as duas em termos de hardware pode fazer com que a 3080 Ti funcione a temperaturas mais altas em situações de carga de processamento máxima, o que pode reduzir o seu tempo de vida.

  RTX 3090 RTX 3080 Ti RTX 3080
GPU clusters 82 80 68
CUDAs 10496 10240 8704
RTs 82 80 68
Tensor 328 320 272
ROPs 112 112 96
Boost clock 1695MHz 1665Mhz 1710Mhz
Memória 24GB G6X 12GB G6X 10GB G6X
Bus 384-bit 384-bit 320-bit
Largura de banda 936 GB/s 912 GB/s 760 GB/s
TDP 350W 350W 320W

A nova RTX 3080 Ti inclui o novo sistema de redução de capacidade de processamento na mineração de criptomoedas, uma tentativa da Nvidia para fazer chegar mais placas aos jogadores ao torná-las menos atractivas para os mineradores. Para estes últimos, a Nvidia vende umas placas denominadas Cryptocurrency Mining Processor (CMP), que são essencialmente de placas gráficas sem saídas de vídeo e sem qualquer redução de desempenho nas tarefas de mineração de criptomoeda.

A nova RTX 3080 Ti terá os mesmos requisitos de consumo energético que a RTX 3090. Será necessário uma fonte de alimentação com 750 W e a placa sozinha pode consumir até 350 W. Estes valores são os mesmos da RTX 3090, em comparação a RTX 3080 consome um máximo de 320 W. Tal como aconteceu com a RTX 3080, a RTX 3080 Ti também utiliza o novo conector de energia de 12 pinos e a Nvidia oferece um adaptador para que não seja necessário trocar a fonte de alimentação para usar a nova placa.

A RTX 3080 Ti não vem sozinha

A Nvidia apresentou também uma nova RTX 3070 Ti. Esta nova placa custará 599 dólares (cerca de 490 euros) nos Estados Unidos e começará a ser vendida a 10 de Junho. A nova RTX 3070 Ti foi projectada para oferecer 1,5 vezes mais desempenho que a RTX 2070 Super da geração anterior. A nova placa trará 8 Gb de memória GDDR6X.

As novas placa suportam as tecnologias ray-tracing, DLSS e Reflex da Nvidia. Neste momento, mais de 50 jogos suportam a tecnologia Deep Learning Super Sampling (DLSS), uma tecnologia que utiliza inteligência artificial para melhorar o desempenho dos gráficos.

Embora as duas placas estejam disponíveis este mês, naturalmente que a sua disponibilidade e preços vão diferir muito de país para país. Como é do conhecimento público, desde o lançamento das placas Nvidia da série 30 que é muito difícil comprar uma unidade. Isto é devido à falta global de chips e também por causa do grande aumento da mineração de criptomoeda.