Kaspersky: esta é a desculpa que os portugueses dão para evitarem reuniões por videochamada

Muito original, sem dúvida...
©Surface
©Surface

A marca russa de segurança divulgou o resultado de um estudo sobre teletrabalho, cujo objectivo foi perceber as atitudes e os hábitos dos colaboradores em relação às actualizações de dispositivos.

A partir das conclusões inquérito, percebe-se que esta é uma desculpa usada pelos portugueses para evitarem reuniões por videochamada, no computador: «12% já fingiram ter os seus dispositivos a instalar actualizações para não terem de comparecer numa determinada call ou reunião de trabalho».

A Kaspersky revelou ainda que 38% dos inquiridos «se atrasaram para reuniões devido a actualizações»; ainda assim, a maioria dos portugueses mostra uma atitude responsável: 70% diz que os updates são feitos «fora do horário de trabalho» para que consigam «manter a produtividade».

Contudo, há sempre quem queira “enganar” o sistema: 19% dos inquiridos em Portugal admitem que «instalaram propositadamente actualizações para gastar tempo de trabalho», conclui a Kaspersky.