TeamGroup cria SSD para mineração de Chia

A "febre" da nova criptomeda Chia levou a que a TeamGroup criasse uma série de módulos SSD preparado para uso intensivo, e 12 anos de garantia.

A febre da nova criptomoeda Chia, que utiliza unidades de armazenamento em vez de placas gráficas para a validação de transações, está a esgotar stocks de discos rígidos e unidades SSD em toda a Ásia. Alguns fabricantes optaram por combater essa euforia ao invalidar a garantia a componentes usados para mineração, mas outros, como a TeamGroup, optaram por criar soluções específicas para essa finalidade.

Aproveitando a recém-criada família T-Create, destinada a criadores de conteúdos, a TeamGroup cria agora a linha T-Create Expert, composta por dois módulos SSD NVMe, compatíveis com a norma PCIe 3.0, que estão disponíveis com capacidades de 1 TB e 2 TB, mas que se distinguem pela sua elevada durabilidade.

Para tal, a TeamGroup está a oferecer 12 anos de garantia aos utilizadores destes módulos, um MTBF (tempo médio entre falhas) de três milhões de horas, e um TBW máximo (capacidade máxima de gravação) de 6.000 TB para o modelo de 1 TB, e 12.000 TB para o modelo de 2 TB.

Estes módulos utilizam a norma PCIe 3.0, e garantem uma velocidade máxima de leitura sequencial de 3400 MB/s, e 3000 MB/s de velocidade de escrita sequencial, o que corresponde a uma velocidade de 180k IOPS de leitura e 140K IOPS de escrita. Não foram anunciadas datas nem preços da chegada dos mesmos ao mercado.