Oppo Watch

A nossa análise ao relógio inteligente da Oppo.

É inegável que o Apple Watch é o relógio de referência do mercado, razão pela qual acaba por ser tentador outros fabricantes usarem-no como referência e inspiração. Talvez com o Oppo Watch, essa inspiração tenha sido um bocado exagerada: visualmente, este smartwatch é praticamente idêntico ao da Apple, com o seu ecrã de 1,91 polegadas (41 mm) quadrado, sendo a maior diferença o formato dos botões – no caso do Oppo, são mais tradicionais, existindo um principal e um secundário, programável.

Com o sistema operativo Wear OS da Google, a interface tira partido do formato do ecrã, ao usar o arrastamento da mesma para os lados (bem como para cima e para baixo) para navegar pelos principais menus, aquilo a que a Google chama de ‘cartões’. Esta integração permite usar várias aplicações e serviços da Google, que tornam este relógio bastante capaz e interessante de utilizar, sendo o seu funcionamento muito fluído, graças ao processador Qualcomm Snapdragon Wear 3100 de quatro núcleos, a 1 GB de memória RAM e aos 8 GB de armazenamento.

Embora a construção seja, maioritariamente, em alumínio, o painel traseiro é feito em plástico, tal como na zona do sensor do leitor da pulsação cardíaca. Se, em utilização, este relógio da Oppo acaba por ser bastante agradável de usar, o mesmo não se pode dizer sobre autonomia: só com muito esforço conseguirá aguentar um dia inteiro, especialmente se, como eu, estiver constantemente a receber notificações.

É certo que a Oppo recomenda o uso do modo de poupança de bateria, que permite a autonomia para catorze dias, mas isso limita bastante a sua utilização, bem como o brilho, sendo este modo apenas recomendável se tiver de viajar e quiser ter acesso às horas, data e número de passos dados.

Nota: 3/5
oppo.com/pt | €229 (41 mm)

Exit mobile version