Asus ZenFone 8

Com o novo ZenFone 8, a Asus decidiu inverter a principal tendência dos smartphones topo de gama, ao lançar um modelo de desempenho (e características) de topo, num formato verdadeiramente compacto.

Com a chegada do ZenFone 8 ao mercado, a Asus volta a cumprir os prazos de outrora, ao optar por lançar o seu modelo flagship na primeira metade do ano. Porém, este ano, a Asus surpreendeu, ao não lançar mais um modelo de topo disponível em duas variantes que dificilmente se distinguem. Este ano o ZenFone 8 é um modelo claramente diferenciador, face ao formato mais tradicional, agora apelidado de ZenFone 8 Flip, nome referente ao popular módulo de câmaras mecânicas.

Com o novo ZenFone 8 com um formato estranhamente compacto, a Asus entra por um caminho que poderá não ser o ideal, em termos de volume de vendas, mas eu gostei muito do resultado, e é sempre bom vermos fabricantes como a Asus a arriscar por caminhos que outros desistiram entretanto, como foi o caso da Sony, que no passado nos habituou ao lançamento de modelos compactos dos seus Xperia topo de gama, ou o próprio iPhone 12 Mini, que segundo os últimos rumores, não terá um sucessor na 13ª geração.

Formato compacto, características completas

Embora o novo ZenFone 8 tenha dimensões compactas (148 x 68.5 x 8.9 mm), fruto de usar um ecrã com apenas 5.9 polegadas, a Asus decidiu equipá-lo com tudo o que habitualmente encontra num smartphone de topo, como Gorilla Glass Victus à frente, Gorilla Glass 3 atrás com acabamento mate e cantos arredondados, certificação IP68, altifalantes estéreos de alto débito, saída jack de 3.5mm com amplificação e DAC integrado (curiosamente a caixa não incluí auriculares), dupla câmara traseira, NFC, Wi-Fi 6e, Bluetooth 5.2 e outros. Só lhe falta mesmo o carregamento sem fios da bateria.

O ecrã de 5.9 polegadas é originário da Samsung, logo utiliza a tecnologia AMOLED, 120 Hz de taxa de actualização de ecrã, HDR10+, 1100 nits de brilho máximo e uma qualidade de imagem excepcional. Em termos das câmaras, a Asus implementou neste ZenFone 8 um sensor principal Sony IMX686 de 64 MP, com 26mm e abertura f/1.8, estabilização de imagem e a possibilidade de fazer zoom 2x óptico, ou 8x digital. O segundo sensor existente é um Sony IMX363 de 14mm (ultra grande angular) e abertura f/2.2, que pelo facto de dispor de um sistema de focagem automática, permite-lhe ser usado como sensor macro.

Desempenho de topo

Como tem vindo a ser habitual, a Asus aplica sempre os SoC (System-on-Chip) de topo da Qualcomm nos modelos ZenFone, e este ZenFone 8 não é excepção. Estamos perante um equipamento que conta com o poderoso Snapdragon 888 de oito núcleos e controladora gráfica Adreno 660, o que em conjunto com uns impressionantes 16 GB de memória RAM LPDDR5, e 256 GB de armazenamento do tipo UFS 3.1 (sem expansão, infelizmente), lhe garantiu excelentes resultados nos testes realizados.

É aliás impressionante assistir como pode um smartphone tão compacto oferecer um desempenho ao nível dos melhores smartphones do mercado, como o Asus ROG Phone 5, Lenovo Legion Phone Duel 2 e Red Magic 6. Em termos de autonomia, a bateria de 4000 mAh garantiu mais de 13h de autonomia, valor esse que reduz em pouco mais de uma hora se optar por usar o ecrã à sua velocidade máxima de 120Hz. Esta bateria pode ser rapidamente carregada usando o transformador fornecido, de 30W, precisando apenas 25 minutos para carregar 60% da carga, ou 80 minutos para uma carga completa.


Distribuidor: Asus

Site: asus.com/pt

Preço: €829,99 (versão testada)


Benchmarks

  • 3D Mark Ice Storm Unlimited: 127 888
  • Antutu Benchmark: 824 726
  • PCMark Work 2.0: 14 473
  • PCMark Work 2.0 Battery: 804 minutos

Ficha Técnica

Processador: Qualcomm Snapdragon 888 (2,84 GHz + 3 x 2,42 GHz + 4 x 1,8 GHz)
Memória: 16 GB
Armazenamento: 256 GB
Câmaras: 64 MP f/1.8 + 12 MP f/2.2 (traseira); 12 MP f/2.5 (frontal)
Ecrã: 5,9” Super AMOLED 120 Hz (2400 x 1080) 446 ppi
Bateria: 4000 mAh
Dimensões: 148 x 68,5 x 8,9 mm
Peso: 169 gr


Selo PCGuia Excelência