Samsung inicia programa de reaproveitamento de smartphones

Através do programa Samsung Galaxy Upcycling, poderá voltar a usar smartphones Galaxy antigos, desta vez como dispositivos IoT (sensor de luz, monitor de bebé ou de animais), na plataforma SmartThings.

Durante o dia de ontem, designado como sendo o Dia da Terra, a Samsung iniciou o programa experimentar Galaxy Upcycling at Home, um dos vários programas da iniciativa Samsung Galaxy Upcycling, que permite reaproveitar smartphones Galaxy como sendo dispositivos inteligentes para a plataforma de IoT (Internet of Things) da Samsung, o SmartThings.

Este programa, que infelizmente ainda só está disponível no mercado norte-americano, Britânico e Sul Coreano, permite reaproveitar dispositivos Galaxy, transformando-os em dispositivos inteligentes, tirando assim partido dos inúmeros sensores existentes, como os sistemas de som e de luz.

Através desta plataforma, é possível transformar um Galaxy S9 num dispositivo de monitorização sonora, ideal para identificar, gravar e enviar para o utilizador sons que sejam identificados como um bebé a chorar, um cão a ladrar ou ruídos estranhos dentro de casa. Pode igualmente utilizar o dispositivo para medição de luz ambiente, configurando este para ligar uma luz ou o televisor quando chegar à noite, para dar a ideia de alguém estar em casa.

Esta plataforma só está disponível para alguns dispositivos, como smartphones Galaxy S, Note e Z lançados a partir de 2018, mas é esperado que a Samsung vá aumentando a lista de dispositivos suportados. Esta validação é importante porque os dispositivos têm que ser optimizados a nível de consumo de energia, já que os mesmos funcionarão de forma contínua, estando sempre ligados à rede.