Como proteger seus ficheiros no Windows

A maior parte dos vírus e programas maliciosos no geral são feitos para infectarem sistemas operativos Windows
VPN_2

Sabemos que o Windows não é conhecido pelos seus altos níveis de segurança. Na verdade, a maior parte dos vírus e programas maliciosos no geral são feitos para infectarem sistemas operativos Windows. Isto parece ser um problema grave que a Microsoft é incapaz de resolver por conta própria. Por isso, é necessário que tome as decisões certas atitudes para proteger a si próprio. Isto é, se você for um utilizador do Windows. Especialmente no que diz respeito aos seus documentos.

Se guarda documentos importantes em alguma versão do sistema operativo Windows, coisas como arquivos de texto com senhas, trabalhos da empresa, trabalhos da faculdade e etc. leia este artigo, vamos dar algumas dicas importantes que vão aumentar os seus níveis de protecção.

Use uma VPN

VPN é a sigla em inglês para rede virtual privada. A internet, ou qualquer rede pública, é como o tráfego comum, aberto para todos. O que a VPN faz é criar um túnel privado nesta rede pública. Isto é, você vai ter um caminho mais confiável para atravessar pela rede pública. Clique obter VPN grátis no Windows, para conhecer algumas opções. Com uma VPN, pode manter a sua rede segura e também não deixa uma marca na Internet.

Entendendo o risco

O primeiro passo para proteger os seus documentos é entender o quão vulnerável está e a partir disso começar a levar as coisas mais a sério. Há inúmeros programas maliciosos, vírus e outros problemas que podem acabar com os seus documentos. O próprio Windows por si só já é um risco. Quem não se lembra do famoso ecrã azul? Se nunca ouviu falar, veja neste link.

Em resumo, é um problema de certa forma espontâneo do Windows que pode acabar com os seus ficheiros.

Instale um bom antivírus

Não há como usar um Windows de forma normal sem instalar um bom antivírus. As ameaças são numerosas demais. Assim que conecta seu sistema à internet, passa a ficar exposto a uma série de ameaças. Até mesmo os websites mais confiáveis de fontes seguras podem levar a lugares obscuros da internet através do sistema pago de anúncios. Portanto, instale um bom antivírus.

Não instale programas de fontes desconhecidas

A melhor forma de infectar um sistema operativo é com a permissão do utilizador. Para isso, um hacker camufla um vírus ou um programa malicioso com a forma de um programa legitimo. É claro que isso só vem de fontes desconhecidas no geral. Portanto, se pretende instalar um programa, por precisar ou o que for, use apenas fontes oficiais.

Cuidado com as Pen Drives

Uma pen drive é uma excelente ferramenta no geral, mas também pode ser a fonte de uma enorme dor de cabeça. Ameaças podem se espalhar rapidamente através deste dispositivo. Há programas que se replicam a si mesmos, que tiram vantagem da forma como a pen drive funciona. É simples: Você coloca a pen drive numa máquina infectada e depois usa essa pen drive na sua máquina. Pronto, ganhou um brinde nada agradável. Utilizar um bom antivírus pode ser o bastante para ficar protegido se realmente precisa usar uma pen drive na sua máquina e em várias outras.

Utilize a nuvem

Não há motivos para não fazer o backup dos seus ficheiros. A nuvem é provavelmente o melhor lugar para isso. Utilize serviços especiais de grandes marcas. Falamos dos produtos do Google, Microsoft e etc. Se usar ficheiros online como o MegaUpload, pode acabar perdendo os seus ficheiros.

Considerações finais

Os tempos em que deixar ficheiros importantes guardados no Windows acabam aqui. Mesmo utilizando um sistema operativo mais confiável como as distribuições Linux, algumas dicas mencionadas aqui como, fazer backup e usar uma boa VPN, continuam válidas. Usar a tecnologia acaba sendo como uma luta de boxe, deve proteger-se sempre. O nível de atenção que dedica à sua protecção varia de acordo com a importância que dá aos seus dados.