OLX incentiva o comércio online de pequenos negócios com a criação de lojas personalizadas

As vendas feitas no OLX Pro não têm comissões sobre e as empresas tiram partido da logística necessária para os envios, fruto do acordo já existente com os CTT.
©OLX Pro
©OLX Pro

O OLX anunciou uma nova ferramenta dirigida às pequenas e médias empresas com o objectivo de «promover e acelerar a digitalização e a profissionalização dos negócios».

Esta decisão surge na sequência de duas conclusões a que chegaram os responsáveis pelo site: além de haver uma «baixa adesão do tecido empresarial português ao comércio electrónico», muitos sentiram «dificuldades em manterem-se activos durante a pandemia».

Para ajudar estas empresas, foi criado o OLX Pro, uma nova área onde é possível criar uma loja com domínio próprio (em parceria com a Jumpseller), sem comissões sobre as vendas e com a «logística necessária» assegurada, que tira partido do acordo já existente com os CTT.

«Actualmente, contamos com cerca de 1,2 milhões de compradores e vendedores activos e apenas quinze mil são clientes profissionais. A nossa perspectiva é que, até Março de 2022, iremos passar para o dobro das empresas a fazer negócio na nossa plataforma», acredita Sebastiaan Lemmens, director-geral do OLX Portugal.