O que fazer quando liga uma drive ao PC e ela não aparece no Windows

Ajudamos a resolver uma das situações mais irritantes que pode acontecer quando se ligam novas drives ao Windows.
Disco Externo

Quando liga um disco rígido mecânico, um SSD ou uma drive externa (USB ou outra) a um computador com o Windows, o sistema operativo normalmente detecta a nova unidade e configura-a automaticamente. No entanto, por vezes, quando liga uma nova drive, ela não aparece no Explorador de Ficheiros do Windows.

Isto pode querer dizer, por exemplo, que há um problema físico com a unidade, ou falta de energia. Pode também querer dizer que o novo dispositivo está desligado, offline ou não tem uma letra atribuída. Pode estar a tentar ligar uma drive que já esteve ligada noutro computador e a partição principal está danificada, ou pode estar a tentar instalar uma drive que nunca foi inicializada ou formatada antes.

Qualquer que seja a razão, o Windows 10 (e as outras versões) permite resolver todos estes problemas e obter acesso à drive através do Gestor de dispositivos, Gestão de discos e através de ferramenta de linha de comandos, como o ‘diskpart’.

Neste guia para Windows, mostramos-lhe várias formas de resolver o problema de uma drive que não aparece no Explorador de Ficheiros do Windows.

 

Como fazer aparecer uma drive no Explorador de Ficheiros através de correcções físicas

Como fazer aparecer uma drive no Explorador de Ficheiros através Gestor de Dispositivos

Como fazer aparecer uma drive no Explorador de Ficheiros através da Gestão de Discos

Como fazer aparecer uma drive no Explorador de Ficheiros através da actualização de drivers

Como fazer aparecer uma drive no Explorador de Ficheiros usando o diskpart

 

Como fazer aparecer uma drive no Explorador de Ficheiros através de correcções físicas

Se tem um disco mecânico ou um SSD recém-instalado, mas que não aparece no Explorador de Ficheiros do Windows, isso pode dever-se a vários problemas. Antes de mergulhar nas alterações de software, tente estes passos primeiro:

Confirme que a drive está ligada correctamente e que está a receber energia.

Sata_2
As ligações de dados e de energia de um disco interno SATA.

Se for uma drive externa USB, desligue-a e tente ligá-la noutra entrada USB. Se está a usar um hub USB, ligue-a directamente ao computador.

Se for uma drive interna, certifique-se de que o cabo de dados e o cabo de energia estão ligados correctamente ao disco, à motherboard e à fonte de alimentação. Quando estiver a mexer no interior do computador, desligue a energia e desligue o cabo de alimentação da tomada antes de começar.

Tente ligar a drive noutro computador para determinar se o problema é com o computador ou com a drive.

Aceda ao software do BIOS (Basic Input Output System) ou da UEFI (Unified Extensible Firmware Interface) do computador e veja se o sistema está a detectar a drive. Como o firmware difere de fabricante para fabricante e mesmo de modelo para modelo, dê uma vista de olhos ao site de apoio técnico do fabricante, para instruções específicas para fazer isto.

Depois de ter a certeza de que não se trata de um problema físico com a drive, pode começar a tentar arranjar uma solução por software, para fazer aparecer a nova drive no Explorador do Windows.

Como fazer aparecer uma drive no Explorador de Ficheiros através Gestor de Dispositivos

Se a nova drive não aparecer na janela da aplicação de gestão de discos do Windows e no Explorador de Ficheiros, pode ser porque está desactivada. Se este o caso, pode activá-la rapidamente através do Gestor de Dispositivos.

Para o fazer, siga estes passos:

Aceda ao menu ‘Iniciar’ e escreva ‘Gestor de dispositivos’. Clique no primeiro resultado. Em alternativa, se estiver a usar o Windows 10, pode clicar com o botão direito rato em cima do botão ‘Iniciar’ e escolher ‘Gestor de dispositivos’ no menu.

Procure ‘Unidades de disco’ (os dispositivos estão organizados por ordem alfabética) e clique no sinal de maior à esquerda para expandir este tópico.

Clique com o botão direito na drive em questão e escolha a opção ‘Propriedades’. Depois, clique no separador ‘Controlador’ e clique no botão ‘Activar dispositivo’.

Gestor_2

Clique em ‘OK’.

Após completar estes passos, a drive deverá aparecer no Explorador de Ficheiros do Windows.

Como fazer aparecer uma drive no Explorador de Ficheiros através da Gestão de Discos

Para que uma drive apareça no Explorador de Ficheiros, é necessário que se cumpram alguns requisitos. O dispositivo tem de estar online e inicializado. Tem de ter uma partição configurada correctamente e tem de ter uma letra atribuída, ou tem de estar montada numa pasta.

Se um destes requisitos não for cumprido, os passos seguintes podem ajudar a resolver o problema através do programa Gestão de Discos.

Colocar a drive online

Aceda ao menu ‘Iniciar’ e escreva ‘Gestão de discos’. Clique no primeiro resultado. Em alternativa, se estiver a usar o Windows 10, pode clicar com o botão direito rato em cima do botão ‘Iniciar’ e escolher ‘Gestão de discos’ no menu.

Gestao_1

Na interface do programa, clique com o botão direito do rato em cima da unidade que tiver a indicação ‘Offline’ e escolha a opção ‘Offline’.

Depois de completar estes passos, o disco passa de ‘offline’ para ‘online’ e, se já tiver sido configurado, deve aparecer no Explorador de Ficheiros. Se a drive estava offline, mas nunca tinha sido configurada, siga os passos seguintes.

Inicializar a drive

Para inicializar uma drive no Windows, siga estes passos:

Aceda ao menu ‘Iniciar’ e escreva ‘Gestão de discos’. Clique no primeiro resultado. Em alternativa, se estiver a usar o Windows 10, pode clicar com o botão direito rato em cima do botão ‘Iniciar’ e escolher ‘Gestão de discos’ no menu.

Na interface do programa, clique com o botão direito do rato na drive que tem a indicação ‘Desconhecido’ e escolha a opção ‘Inicializar unidade’.

Em ‘Seleccionar disco’, escolha a drive que quer inicializar.

Escolha a opção GPT (GUID Partition Table).

Clique em ‘OK’.

Depois de completar estes passos, o disco será completamente apagado e preparado para ser formatado.

Importar uma drive

Se a drive que está a tentar aceder já tenha sido configurada como disco dinâmico noutro computador, aparecerá sob a forma de uma drive desconhecida, ou externa, quando for instalada noutro computador, para que a possa usar, terá de a importar através do programa ‘Gestão de discos’. Este processo dá-lhe acesso à drive sem destruir quaisquer dados que lá estejam gravados. No entanto, é sempre aconselhável fazer uma cópia de segurança antes de iniciar o processo.

Para importar um disco dinâmico e torná-lo acessível através do Explorador de Ficheiros, siga estes passos:

Aceda ao menu ‘Iniciar’ e escreva ‘Gestão de discos’. Clique no primeiro resultado. Em alternativa, se estiver a usar o Windows 10, pode clicar com o botão direito rato em cima do botão ‘Iniciar’ e escolher ‘Gestão de discos’ no menu.

Clique com o botão direito em cima do disco que tem a indicação ‘Dinâmico’ e escolha a opção ‘Importar discos externos’.

Em ‘Grupos de discos’, escolha o grupo ‘Grupo de discos externos (1 de 1 discos).

Clique em ‘OK’ e depois clique novamente em ‘OK’.

Depois de completar estes passos, a drive será importada e os dados ficarão acessíveis a partir do Explorador de Ficheiros ou de qualquer outra aplicação.

Atribuir uma letra a uma drive

Há duas razões para que uma drive que, apesar de estar online e inicializada, não apareça no Windows: A drive em questão pode não ter uma letra atribuída. Ou esteve instalada noutro computador e o novo sistema está a tentar atribuir-lhe uma letra que já esteja atribuída a outra drive nesse mesmo sistema.

Para atribuir uma letra a uma drive no Windows, siga estes passos:

Aceda ao menu ‘Iniciar’ e escreva ‘Gestão de discos’. Clique no primeiro resultado. Em alternativa, se estiver a usar o Windows 10, pode clicar com o botão direito rato em cima do botão ‘Iniciar’ e escolher ‘Gestão de discos’ no menu.

Clique com o botão direito do rato na partição do disco que não tem uma letra atribuída e escolha a opção ‘Alterar letra e caminho da unidade’.

Clique no botão ‘Adicionar’ e de seguida clique em ‘Atribuir a seguinte letra de unidade:’ e utilize o menu para escolher uma letra. As opções mais seguras são Z, X e Y.

Clique em ‘OK’.

Depois de completar estes passos, a drive ficará acessível a partir do Explorador de ficheiros.

Configurar uma nova partição

Se a drive estiver online e inicializada, pode não ter uma partição formatada. Neste caso, pode usar o assistente do programa Gestão de Discos para configurar uma partição e atribuir-lhe uma letra.

Siga estes passos:

Aceda ao menu ‘Iniciar’ e escreva ‘Gestão de discos’. Clique no primeiro resultado. Em alternativa, se estiver a usar o Windows 10, pode clicar com o botão direito rato em cima do botão ‘Iniciar’ e escolher ‘Gestão de discos’ no menu.

Clique com botão direito do rato em cima da partição que não tem letra atribuída e escolha a opção ‘Novo volume simples’.

 

Dica: Normalmente as drives básicas têm uma linha azul que indica o início e o fim da partição. Não se esqueça de escolher a drive correcta, porque este processo irá apagar tudo o lá estiver.

Clique no botão ‘Seguinte’ para usar todo o espaço disponível na partição. Se não quiser, pode definir um tamanho em MB em ‘Tamanho do volume simples’.

 

Escolha a opção ‘Atribuir a seguinte letra à drive’ e use o menu para escolher uma letra. As opções mais seguras são Z, X e Y.

Clique em ‘Seguinte’.

Escolha a opção ‘Formatar este volume com as seguintes definições:’

Em ‘Sistema de ficheiros’, escolha a opção ‘NTFS’.

Em ‘Tamanho da unidade de atribuição:’ escolha a opção ‘Predefinição’.

Em ‘Etiqueta do volume:’ escreva um nome que defina para que vai usar a drive.

Ligue a opção ‘Efectuar uma formatação rápida’.

Clique em ‘Seguinte’ e depois em ‘Concluir’.

Depois de completar estes passos, a unidade de disco ganhará uma nova partição e depois será formatada para que apareça no Explorador de Ficheiros do Windows.

Como fazer aparecer uma drive no Explorador de Ficheiros através da actualização de drivers

Se o problema com o disco estiver ligado com driver de armazenamento, pode experimentar reinstalá-lo, ou actualizá-lo para resolvê-lo.

Siga estes passos para reinstalar o driver de um disco:

Aceda ao menu ‘Iniciar’ e escreva ‘Gestor de dispositivos’. Clique no primeiro resultado. Em alternativa, se estiver a usar o Windows 10, pode clicar com o botão direito rato em cima do botão ‘Iniciar’ e escolher ‘Gestor de dispositivos’ no menu.

Procure ‘Unidades de disco’ (os dispositivos estão organizados por ordem alfabética) e clique no sinal de maior à esquerda para expandir este tópico.

Clique com o botão direito na drive em questão e escolha a opção ‘Desinstalar dispositivo’ e reinicie o computador.

Assim que o computador reiniciar, o driver será reinstalado automaticamente e a drive deverá aparecer no Explorador de Ficheiros.

Actualizar o driver

Se o problema persistir, recomendamos descarregar a última versão do driver a partir do site de apoio técnico e siga as instruções que lá estiverem.

Se o site não tiver nenhumas instruções, descomprima o ficheiro de descarregou e siga estas instruções:

Aceda ao menu ‘Iniciar’ e escreva ‘Gestor de dispositivos’. Clique no primeiro resultado. Em alternativa, se estiver a usar o Windows 10, pode clicar com o botão direito rato em cima do botão ‘Iniciar’ e escolher ‘Gestor de dispositivos’ no menu.

Procure ‘Unidades de disco’ (os dispositivos estão organizados por ordem alfabética) e clique no sinal de maior à esquerda para expandir este tópico.

Clique com o botão direito na drive em questão e escolha a opção ‘Actualizar controlador’.

No ecrã seguinte, clique em ‘Procurar controladores no computador’ e navegue até à pasta onde está o controlador que descarregou.

Clique em ‘Ok’. De seguida, ligue a opção ‘Incluir subpastas’.

Clique em ‘Seguinte’ e depois em ‘Concluir’.

Quando completar estes passos, o driver será actualizado e a drive deve aparecer no Explorador de Ficheiros’.

Como fazer aparecer uma drive no Explorador de Ficheiros usando o diskpart

Se a drive aparece na lista do programa Gestão de Discos, mas não está utilizável. Ou seja, não pode ser acedida, não é possível usar a opção de formatação ou atribuir uma letra à drive, pode ser um problema lógico. Se for este o caso, pode usar o comando diskpart para limpar a drive completamente e começar do zero.

Para usar o diskpart, siga estes passos:

Aceda ao menu ‘Iniciar’, escreva ‘Linha de comandos’, clique com o botão direito do rato em cima do primeiro resultado e escolha a opção ‘Executar como administrador’ a partir do menu que aparece.

Na janela da Linha de Comandos, escreva o seguinte comando e prima a tecla enter:

diskpart

Para ver uma lista de discos escreva o comando seguinte e prima a tecla enter:

list disk

Para escolher a drive em que vai executar o processo de limpeza, escreva o seguinte comando e prima a tecla enter:

select disk x

Substitua o ‘x’ pelo número da drive em que vai executar o processo de limpeza.

Por exemplo:

select disk 3

Aviso: Certifique-se de que escolhe o número da drive certa, porque senão pode acabar por apagar tudo de uma outra drive e este processo não pode ser revertido.

Para limpar completamente o disco em questão, escreva o comando seguinte e prima a tecla enter:

clean

Aviso: O comando ‘clean’ apaga tudo o que estiver no disco, incluindo dados e partições. Se aceder ao programa Gestão de Discos depois de dar o comando ‘clean’, esse disco aparece completamente em branco sem etiqueta e sem estar inicializado.

Para criar uma nova partição no disco, escreve o comando seguinte e prima enter:

create partition primary

Para escolher a partição que acabou de criar, escreva o comando seguinte e prima a tecla enter:

select partition 1

Para activar a partição, escreva o comando seguinte e prima a tecla enter:

Active

Formate a drive através do seguinte comando:

format FS=NTFS

Atribua-lhe uma letra com o comando:

assign letter=Z

Pode usar outra letra qualquer, desde que ainda não esteja a ser a utilizada noutra drive.

Para sair do diskpart, escreva o comando seguinte e prima a tecla enter:

exit

Depois de completar estes passos, a drive terá sido limpa, formatada e terá uma nova letra atribuída. Agora deve aparecer no Explorador de Ficheiros.