Valve obrigada a pagar 4 milhões de dólares à Corsair por infringir patentes com o Steam Controller

A Valve foi avisada em 2014 do problema quando apresentou o primeiro protótipo do comando.
Review - Steam Controller

A Valve foi condenada por unanimidade num tribunal americano, ao pagamento de 4 milhões de dólares à Ironburg Inventions e à SCUF, por ter infringido conscientemente uma patente que descreve um sistema de controlo traseiro para comandos de jogos, que usou sem permissão no comando Steam Controller.

Estas duas entidades pertencem à Corsair, fabricam controlos para jogos topo de gama e detêm um extenso portefólio de patentes, avisaram a Valve em 2014 que o design do Steam Controller copiava o seu mecanismo de gatilho situado na parte de trás do dispositivo.

A parte de trás do Steam Controller.

Um ano mais tarde, a Valve lançou oficialmente o Steam Controller ignorando os avisos feitos no ano anterior. O comando foi produzido entre 2015 e 2019 e vendeu 1,6 milhões de unidades.

Os advogados da SCUF compararam a situação a uma luta entre David e Golias, acusando a Valve de abusar de uma posição dominante no mercado para prosseguir com o fabrico e comercialização do comando, mesmo depois de ter sido avisada.

Exit mobile version