Projecto de reciclagem interactiva Trash4Goods com gamificação é o vencedor do prémio e-Waste Open Innovation

Esta vitória no e-Waste Open Innovation vale um prémio de quinze mil euros e um período de três meses de incubação na Startup Lisboa.
©Trash4Good
©Trash4Good

A competição e-Waste Open Innovation, cujo objectivo era encontrar startups e empreendedores nacionais que apresentassem soluções para «incentivar a reciclagem e reaproveitamento de resíduos de equipamentos eléctricos electrónicos», já tem vencedor.

O projecto escolhido pelo júri foi o Trash4Goods, criado por alunos do Instituto Superior Técnico. A ideia é «sensibilizar e incentivar as pessoas a ter um papel mais activo na reciclagem» ao mesmo tempo que a torna «mais interactiva e recompensadora para o utilizador».

Para o júri, o que destacou o Trash4Goods das outras candidaturas foi o facto de «estabelecer um elo de ligação entre marcas e consumidores, e contribuir para uma economia muito mais circular». Para isto, o projecto tem um conceito de gamificação, ou seja, como se fosse um jogo, ao dar recompensas a faz reciclagem.

Com duas componentes, um módulo portátil e uma aplicação, a visão da equipa passa por «conseguir abranger a maior quantidade de resíduos possível, maximizando o impacto na reciclagem».

Esta vitória no e-Waste Open Innovation vale um prémio de quinze mil euros à equipa, um «período de três meses de incubação na Startup Lisboa» e a possibilidade de contar com o apoio da ERP Portugal e da LG Portugal (as entidades promotoras da competição) para desenvolver a plataforma.