Nintendo Switch já pode usar Android 10 (não oficialmente)

A utilização de Android na Switch não é autorizada pela Nintendo, mas pode trazer algumas vantagens.
Nintendo Switch
Foto: Adam Conway

A equipa SwitchRoot do site XDA-Developers, que adaptou o Android 8.1 Oreo para a consola portátil Switch, conseguiu agora importar fazer funcionar o Android 10 no hardware da Nintendo. Na realidade, trata-se do LineageOS 17.1, baseado na versão 10 do sistema operativo da Google.

O LineageOS específico para a Switch baseia-se numa versão construída para a box Android Nvidia Shield TV. A equipa do XDA diz que esta nova versão é mais rápida, responde melhor que o Android 8.1 e melhora o tempo de vida da bateria com a implementação do modo de suspensão.

O desempenho da ligação Wi-Fi e suporte para os comandos Joy-Con também melhoraram. Um dos principais benefícios de usar o Android na Switch é a possibilidade de aceder à loja de aplicações Google Play. Isto permite a utilização de software diferente na Switch, como emuladores, serviços de streaming (como o Netflix ou o Spotify) e até mesmo serviços de streaming de jogos, como o Google Stadia ou o GeForce Now.

Esta é a lista completa de actualizações:

Android 10 baseado no Lineage 17.1

Actualizações OTA

Suporte completo para os controlos Joy-Con e Pro

Suporte para  Joy-Con Hori

Modo de suspensão

Baseado no Android TV

Perfis de refrigeração alterados para um funcionamento mais silencioso

Suporte optimizado para a doca com redimensionamento de resolução

O driver do sistema de carregamento foi rescrito para que a consola suporte a utilização de docas de carregamento de outras marcas

Driver do ecrã sensível ao toque optimizado

Instalação facilitada através da ferramenta de particionamento Hekate

Perfis de energia simplificados

Ligação Wi-Fi melhorada

Suporte para comandos à distância Shield TV

Suporte melhorado para acessório Bluetooth

Suporte para rotação do ecrã

Naturalmente, esta alteração de sistema operativo na Switch não é autorizada pela Nintendo, ou mesmo pela equipa de desenvolvimento do LineageOS. Curiosamente, apesar de ser uma versão originalmente desenhada para a Shield TV, não permite a utilização de jogos específicos para a Shield. Existem também alguns bugs que é necessário resolver, como por exemplo as falhas no áudio através de Bluetooth e algumas aplicações não permitirem a utilização do d-pad dos comandos Joy-Con. Finalmente, nem todos os modelos da Nintendo Switch são suportados. Apenas podem usar Android os modelos fabricados antes da última actualização dos componentes internos, o que exclui os utilizadores da Switch Lite, por exemplo.

Se se sentir tentado, aqui está o link para o site XDA-Developers, mas não se esqueça que esta alteração não é autorizada pela Nintendo e que convém saber o que está a fazer, sob pena de transformar a consola num pisa-papéis.