Huawei apresenta o Mate X2, o seu terceiro smartphone dobrável

A Huawei anunciou o seu terceiro modelo de smartphone com ecrã dobrável, que, para já, só vai estar disponível na China.

A Huawei apresentou oficialmente hoje o seu terceiro modelo de smartphone com ecrã dobrável. O Mate X2, segue-se ao Mate Xs que tinha sucedido ao modelo original, o Mate X. Neste novo modelo, a Huawei adoptou um mecanismo de dobragem diferente dos dois modelos anteriores e semelhante ao utilizado pela Samsung no Galaxy Fold. O ecrã dobrável do Mate X2 dobra-se sobre si próprio, ao contrário dos modelos anteriores em que o ecrã dobrava para o lado de fora, o que obrigou à utilização de um segundo ecrã exterior.

O Mate X2 tem um ecrã dobrável com 8 polegadas, capaz de uma revolução de 2480 x 2200 e um ecrã exterior de 6,45 polegadas e uma resolução máxima de 2700 x 1160. Ambos os ecrãs são OLED e oferecem uma taxa de actualização de 90 Hz. O chassis é feito em fibra de carbono e aço.

No campo da fotografia, a Huawei continua a colaboração com a Leica e incluiu um módulo com quatro câmaras, que inclui uma câmara de 50 MP grande angular, uma super grande angular de 16 MP, uma câmara com teleobjectiva de 12 MP com zoom 3x e uma câmara “SuperZoom” de 8 MP, com ampliação óptica de 10x. Está também presente uma câmara de selfie com 16 MP.

O processador é um Kirin 9000 com 8 núcleos, tem 8GB de memória RAM e 256 ou 512 GB de memória flash. Este smartphone é 5G e permite a utilização de dois cartões SIM. A bateria é de 4400 mAh.

Do lado do software e por causa do embargo que os EUA impuseram à Huawei, que impede a compra da versão completa do Android com os serviços da Google, o Mate X2 utiliza a versão freemium do Android 10, que é personalizada através da interface EMUI 11.0. Durante a apresentação foi dito que este modelo está entre os primeiros a receber o sistema operativo Harmony OS, desenvolvido pela Huawei, que começa a ser distribuído a partir de Abril deste ano.

O Mate X2 estará disponível na China em quatro cores: preto, branco, azul e cor-de-rosa. Chegará à lojas a partir de 25 de Fevereiro e custará o equivalente a 2293 euros na versão com 256 GB de memória flash e 2420 euros na versão de 512 GB.

Ainda não há indicações se estes smartphones chegarão ao mercado nacional.