Escassez de GPUs leva Nvidia a relançar GeForce RTX 2060 e GTX 1050 Ti

Nvidia vai relançar placas gráficas de anteriores gerações para fazer frente à falta de disponibilidade das novas GeForce RTX da série 30.
MSI-GeForce-GTX-1050-Ti-4G

A Nvidia confirmou, junto da PCWorld, que para fazer frente à falta de disponibilidade das novas GeForce RTX da série 30 (RTX 3060, 3070, 3080 e 3090), bem como ao aumento abusivo do preço das mesmas, que iria relançar alguns dos seus GPUs de maior sucesso, de gerações antigas.

Segundo o responsável da empresa, a Nvidia planeia relançar modelos como a GeForce RTX 2060 e a GeForce GTX 1050 Ti, junto dos principais fabricantes. Embora a ideia possa parecer parva, especialmente no caso da GTX 1050 Ti, uma placa lançara em 2016, esta continua a ser a segunda placa gráfica mais utilizada no Steam.

Nvidia RTX 2060

Por utilizar um processo de fabrico mais antigo, o que por sua vez torna o seu fabrico mais acessível, e por usar 4GB de memórias do tipo GDDR5, não sofrerá dos problemas de falta de componentes que estão a assombrar as novas GeForce RTX, com as suas memórias GDDR6. E por vir equipada só com 4 GB de memória, elas não serão utilizadas para a mineração de criptomoedas, como Ethereum.

Infelizmente nem tudo são boas notícias, e como seria de esperar, a Nvidia vai aproveitar-se (“à grande”) da situação, já que estas GeForce GTX 1050 Ti estão a ser vendidas acima dos 200 euros, o que é mais do que estas placas custavam quando foram lançadas em 2016. Já a GeForce RTX 2060, que na altura do seu lançamento custava pouco menos de 400 euros, está a ser vendida nos EUA acima dos 750 dólares (equivalente a 620 euros).