Cibercafés asiáticos transformam-se em quintas de mineração de criptomoedas

A utilização dos computadores para mineração de criptomedas são a solução de vários cibercafés para ultrapassar a crise provocada pela pandemia.

Os cafés na Ásia, tal como em Portugal, estão de portas fechadas para evitar a propagação do SARS-COV-2, o que levou aos seus proprietários a terem de se adaptar não sofrerem tanto com a perda da rentabilidade dos seus negócios. Um bom exemplo dessa adaptação foi o que um cibercafé no Vietnam fez, ao aproveitar a infraestrutura existente, ao transformar o mesmo numa quinta de mineração de criptomoedas.

Aproveitando o facto de o proprietário ter uma loja de informática, permitiu-lhe adquirir várias GeForce RTX 3080 para criar vários conjuntos com 8 placas gráficas cada, transformando assim um espaço que só estava a gerar prejuízo, num local bastante rentável. O proprietário afirmou mesmo que nunca antes tinha conseguido facturar tanto, como agora com a mineração de criptomoedas.