Segundo maior fabricante de portáteis atacado por ransomware

A Compal fabrica computadores portáteis para a Apple, Acer, Lenovo, Dell, HP e Fujitsu.
Compal
Compal

A Compal, uma empresa de Taiwan espacializada no fabrico de computadores portáteis para marcas como a Fujitsu, Apple, Dell e Lenovo, sofreu um ataque de ransomware este fim-de-semana.

Segundo um screenshot partilhado por empregados da Compal no site Yahoo Taiwan, o responsável por este ataque pode ter sido o grupo DoppelPaymer, uma organização que se dedica quase exclusivamente a ataques deste tipo. De acordo com meios de comunicação da ilha, o ataque inutilizou cerca de 30% dos computadores da empresa.

Quando regressaram ao trabalho, os trabalhadores receberam uma mensagem do departamento de informática a pedir-lhe para verificarem o estado dos seus computadores e para fazerem cópias de segurança dos ficheiros mais importantes em sistemas que não foram afectados pelo ataque.

compal-ransom
Screenshot de ecrã de um computador afectado na Compal, partilhado por um dos empregados da empresa.

Apesar das notícias veiculadas pelos meios de comunicação locais, Qingxiong Lu, o vice-director da Compal, admitiu à United News Network que a empresa teve um problema de segurança nos seus sistemas, mas negou que a paragem na produção se ficou a dever a ransomware.

O mesmo responsável afirmou que o incidente apenas afectou a rede interna dos escritórios da empresa e que as linhas de produção, onde são fabricados os computadores portáteis para outras marcas não foram afectadas.

Segundo Qingxiong, a actividade da empresa vai regressar ao normal muito em breve, assim que o departamento de informática acabar de restaurar todos os sistemas que foram afectados.

A Compal é o segundo maior fabricante de computadores portáteis para terceiros, atrás da Quanta Computer, também de Taiwan.

A empresa fabricou e ainda fabrica computadores Apple, Acer, Lenovo, Dell, Toshiba, HP, e Fujitsu. Para além de computadores, também fabrica monitores, tablets, smartwatches, smart TV e periféricos.

A Compal foi a terceira empresa de Taiwan a ser atacada por ransomware este ano. A empresa de fornecimento de electricidade estatal, CPC Corp, foi atacada em Maio pelo ransomware ColdLocker e a fábrica da Garmin foi atacada pelo ransomware WastedLocker em Julho.