HP Omen 15

Testámos o mais recente computador portátil para jogos, o Omen 15 de 2020. A nova máquina é mais competente e transportável que a anterior, principalmente em jogos. Mas retrocedeu em algumas opções técnicas. Nós explicamos.
Omen 15

O mercado dos computadores de gaming é cada vez mais importante na facturação dos vários fabricantes de PC e prova disso é a gama de computadores para jogos Omen da HP, cujas ofertas estão sempre a serem actualizadas com os processadores e gráficas mais recentes, para além dos numerosos acessórios que também estão disponíveis.

Por fora

O novo portátil Omen 15 é uma máquina muito bem construída com um chassis metálico, um acabamento preto mate que lhe confere um aspecto agressivo, típico de uma máquina para jogos. Ao abrir a tampa, a HP colocou do lado direito, abaixo do teclado, a indicação “015” usando a mesma tinta preta, mas com um acabamento brilhante.

O teclado retroiluminado tem um toque suave e confortável, a única coisa a mencionar é a impossibilidade de se alterar o brilho das teclas que tem apenas dois estados: ligado ou desligado.
Uma diferença para os modelos da geração anterior, é o posicionamento das entradas. Nos portáteis Omen da geração anterior, as entradas estavam na parte de trás do computador, o que fazia com que os cabos usados não estivessem dos dois lados do computador, contribuindo para uma melhor arrumação e, na prática, menos utilização de espaço no tampo da secretária.

OMEN 15 (1)

Nesta geração a HP decidiu usar uma configuração mais tradicional com as ligações dos lados do computador. A parte traseira tem agora uma abertura para a circulação de ar do sistema de refrigeração. O Omen 15 2020 é mais pequeno e fino, mas com esta alteração, acaba por ocupar o mesmo, senão mais, espaço. Isto se quiser usar dispositivos externos USB 3.0, USB Type-C ou uma ligação HDMI.

As ligações neste computador incluem três entradas USB 3.0 Type-A, uma entrada USB Type-C, uma entrada HDMI, uma entrada RJ-45 para rede com fios gigabit, um leitor de cartões SD Card, uma entrada Jack de 3,5 mm para auscultadores e microfone e uma entrada mini DisplayPort. Ainda acerca de ligações, o Omen pode usar redes sem fios até Wi-Fi 6 e Bluetooth 5.

O ecrã de 15 polegadas é LCD IPS com uma resolução máxima Full HD (1920 X 1080) que oferece uma taxa de actualização de 300 Hz, o que, em teoria, consegue reproduzir 300 frames por segundo.

Por dentro

A máquina que a HP nos enviou tem um processador Intel Core i7 10750H, com 12 MB de memória cache, 6 núcleos físicos e 12 threads, que funciona a uma velocidade base de 2,6 GHz, mas que pode chegar aos 5 GHz em modo Turbo.

A memória RAM é 16 GB de DDR4 2933 em dois módulos. É possível alterar esta configuração, mas é necessário remover a peça inferior do Omen porque a HP não colocou uma abertura específica para este efeito.

O espaço de armazenagem está a cargo de um SSD M.2 com 1 TB de capacidade, mas este computador tem um segundo slot M.2 vazio, que pode ser utilizado para expandir o espaço de armazenamento sem necessidade de se usar um disco externo.

Como um computador para jogos tem de ter uma gráfica mais potente que uma máquina de trabalho, para além do processador gráfico integrado no Intel Core i7, também dispõe de um GPU RTX 2070 Super que dispõe de 6 GB de memória dedicada para gráficos.

OMEN (2)Testámos o mais recente computador portátil para jogos, o Omen 15 de 2020. A nova máquina é mais competente e transportável que a anterior, principalmente em jogos.

O sistema alterna automaticamente entre as duas gráficas, dependendo da aplicação que estiver a ser usada, mas utilizador consegue forçar o computador a usar uma determinada gráfica através de um software da HP que está incluído.

O sistema de som foi desenhado e certificado pela marca de equipamento áudio Bang & Olufsen, conhecida pelos seus sistemas topo de gama.

Segundo a HP, a bateria desta máquina consegue mantê-la a funcionar durante 12 horas e meia.

O Omen 15 pesa cerca de 2,5 Kg, o que é típico numa máquina deste género, que necessita de um sistema de dissipação de calor mais generoso que os computadores de trabalho.

Software

Este computador inclui o Windows 10 Home e uma aplicação que permite o controlo de vários aspectos do funcionamento da máquina, como o sistema de refrigeração, velocidade da rede com fios, iluminação do teclado, velocidade do processador, entre outras coisas.

Utilização

O Omen é um computador agradável de usar, mesmo quando não se está a jogar. Apesar de ter a forma de um portátil e todas as suas características, o peso torna-o complicado de transportar durante muito tempo.

Como já foi mencionado, o teclado é confortável de usar e bastante silencioso. O software integrado permite alterar as cores da iluminação por zonas e não tecla a tecla, como nos teclados de gaming tradicionais.

As únicas teclas que têm um esquema de cores separado são as W,A,S,D, usadas pela grande maioria dos jogos para controlar os movimentos dos personagens.

A qualidade da imagem é bastante boa com cores saturadas e bom recorte. O revestimento anti-reflexo funciona muito bem mesmo com luz atrás do utilizador. A sua velocidade faz com que não se note qualquer arrastamento, mesmo nas alturas em que há objectos a moverem-se rapidamente no ecrã.

Em termos de ruído, quando está a funcionar em aplicações menos exigentes, não se ouve nada, quando se joga, as ventoinhas começam a funcionar mais rapidamente, o que aumenta consideravelmente o ruído que o Omen 15 produz. Não chega a ser incomodativo, mas nestas alturas, o melhor é mesmo usar um par de auscultadores. O computador aquece um pouco quando se está a jogar, mas não chega a ser desconfortável. No entanto é sempre bom lembrar que os portáteis devem sempre ser usados em superfícies desobstruídas para não sobreaquecerem.

Desempenho

O desempenho deste Omen 15 é interessante em jogos, conseguimos 101 FPS de média no Far Cry 5 com tudo no máximo e 94 em Shadow of The Tomb Raider também com tudo no máximo. Isto prova que há um bom equilíbrio entre o número de píxeis no ecrã e o desempenho geral do computador. Nos testes de utilização geral e de produtividade o Omen 15 obteve 6546 no PCMark 10 (a máquina mais rápida do ranking tem 7326) no de utilização geral e 8575 no de produtividade (a máquina mais rápida do nosso ranking obteve 9690).


Resultados dos testes

PCMark 10 Geral PCMark 10 Produtividade 3D Mark Fire Strike 3D Mark Sky Diver Far Cry 5 1080p Qualidade Ultra (FPS) Shadow of the Tomb Raider 1080p Highest DX 12 (FPS)
6546 8575 16788 38601 101 94

 


Distribuidor: HP

Preço: €2199

Selo PCGuia Excelência