Fundação José Neves oferece cursos na Academia de Código – alunos só pagam quando tiverem emprego

Segundo a Academia de Código, os bootcamps de programação «têm uma taxa de empregabilidade de 96%, com um ordenado médio inicial de 1150 euros».
©Chris Reid
©Chris Reid

O objectivo é «transformar Portugal numa sociedade de conhecimento através da Educação». A Academia de Código e a Fundação José Neves fizeram uma parceria para promover o emprego na área das novas tecnologias – a oferta são as propinas de bootcamps ligados à programação.

As candidaturas estão abertas no site da Fundação José Neves, ao abrigo do programa Income Share Agreement (ISA); entre os critérios de selecção está a «motivação que o aluno tem em aprender, o mérito pessoal e o potencial na área».

Quem for seleccionado vai ficar com as propinas pagas dos bootcamps de programação que escolher. Depois, a Fundação José Neves só pede o reembolso do investimento feito no aluno quando este arranjar emprego e «tiver rendimentos acima de um valor pré-determinado». Os cursos na Academia de Código custam entre 6500 e 7000 euros.

Segundo a Academia de Código, os bootcampsde programação «têm uma taxa de empregabilidade de 96%, com um ordenado médio inicial de 1150 euros».