HardwareNotícias

Intel anuncia novos processadores Tiger Lake de 11ª geração

Os primeiros computadores com os novos processadores chegam no final de 2020.

A Intel apresentou os primeiros processadores de décima primeira geração Tiger Lake para computadores portáteis. Os novos CPU incluem processadores gráficos Xe, suporte para Thunderbolt 4, Wi-Fi 6 e melhorias significativas no desempenho e tempo de vida das baterias. Segundo a Intel os novos processadores são ideais para computadores portáteis mais finos e leves.

Ao todo, a Intel vai lançar nove modelos de 11ª geração, tanto na série U (a que a empresa chama agora UP3) e série Y (UP4), cujo o topo de gama é o Core i7-1185G7, que funciona a uma velocidade base de 3 GHz, podendo chegar aos 4,8 GHz num único núcleo em modo turbo ou a 4,3 GHz em todos os núcleos. Este modelo também inclui a versão mais potente do processador gráfico Iris Xe, que funciona a uma velocidade máxima de 1,35 GHz.

Lista de processadores Intel Tiger Lake

Modelo Núcleos/ Threads Gráficos Gráficos (EUs) Watts Frequência Base (GHz) Turbo – 1 núcleo (GHz) Turbo – Todos os núcleos (GHz) Cache
Core i7-1185G7 4/8 Intel Iris Xe 96 12-28W 3,0 4,8 4,3 12MB
Core i7-1165G7 4/8 Intel Iris Xe 96 12-28W 2,8 4,7 4,1 12MB
Core i5-1135G7 4/8 Intel Iris Xe 80 12-28W 2,4 4,2 3,8 8MB
Core i3-1125G4 4/8 Intel UHD Graphics 48 12-28W 2,0 3,7 3,3 8MB
Core i3-1115G4 2/4 Intel UHD Graphics 48 12-28W 3,0 4,1 4,1 8MB
Core i7-1160G7 4/8 Intel Iris Xe 96 7-15W 1,2 4,4 3,6 12MB
Core i5-1130G7 4/8 Intel Iris Xe 80 7-15W 1,1 4,0 3,4 8MB
Core i3-1120G4 4/8 Intel UHD Graphics 48 7-15W 1,1 3,5 3,0 8MB
Core i3-1110G4 2/4 Intel UHD Graphics 48 7-15W 1,8 3,9 3,9 6MB

A Intel já tinha feito uma antevisão dos novos processadores no Architecture Day 2020, que decorreu no início deste ano. Estes novos processadores continuam a ser fabricados segundo um processo de 10 nm, semelhante ao utilizado nos actuais processadores de décima geração, mas actualizou a arquitectura Willow Core com um novo design SuperFin que, segundo a Intel, oferece mais desempenho com um consumo de energia reduzido.

A Intel está a apostar forte nos novos processadores gráficos integrados Xe, que, segundo a empresa, duplicam o desempenho da geração anterior e oferecem mais benefícios do que apenas um maior número de núcleos, uma área em que a AMD está à frente. 

Os primeiros computadores com os novos processadores da Intel devem chegar no final deste ano.

PCGuia