Fiverr já fala português: plataforma que liga empresas a freelancers dá “prémio” ao mercado nacional

©DR| Fiverr
©DR| Fiverr

A Fiverr já pode ser explorada totalmente em português, embora do Brasil. A decisão da empresa israelita acontece depois de ter visto um aumento considerável de tráfego de utilizadores nacionais na plataforma.

Pela primeira vez, a Fiverr irá adaptar os seus serviços a um ambiente “não-inglês” e Portugal entrou no panorama ao ter registado um crescimento de 73% de visitantes entre o Q1 e o Q2 de 2020», diz a empresa em comunicado.

Segundo a Fiverr, a presença de utilizadores portugueses duplicou entre Março e Abril de 2020, em pleno período de confinamento. Além deste aumento de visitas, houve outros dados que levaram a empresa a dar mais atenção a Portugal.

A Fiverr diz ter registado um aumento de 47% dos compradores de serviços de freelancers em Portugal e um crescimento de 107% nas inscrições de novos utilizadores, nos dois primeiros trimestres de 2020.

O conceito da Fiverr passa por ter uma espécie de rede social para que freelancers de várias áreas mostrem as suas competências e ofereçam os seus serviços: «Cada freelancer tem o seu próprio perfil, descrição de serviço, avaliação e preço fixo, o que ajuda a evitar negociações desnecessárias. Desta forma, os prestadores de serviço também encontram trabalhos de forma mais fácil e rápida», explica a empresa.

Para visitar a “nova” Fiverr em português brasileiro, clique aqui.