Terça-feira, 29 de Setembro de 2020
MercadosNotícias

Intel sofre fuga de 20GB de documentos internos

A Intel confirmou a veracidade dos mais de 20 GB de documentos internos com informações confidenciais, mas nega ter sofrido um ataque de hacking.

Intel

A Intel está a investigar o aparecimento online de um total de 20 GB de documentos internos, alguns confidenciais, que revelam detalhes técnicos sobre diversos produtos, desde 2016 até produtos novos, como a próxima geração de processadores Tiger Lake, não existindo qualquer tipo de informação sobre clientes, parceiros ou funcionários da Intel.

Estes documentos foram publicados por um engenheiro de software Suíço, Till Kottmann, que afirma ter recebido os mesmos por alguém que afirma ter hackeado a Intel, embora a própria afirme que tal situação é impossível, que os mesmos podem ter sido obtidos por algum parceiro com autorização para aceder à informação confidencial existente nos documentos.

PCGuia