Google Chrome vai bloquear anúncios abusivos de recursos

Google

Quem utiliza o Google Chrome já se apercebeu dos recursos de sistema que este consome, especialmente se usar muitos separadores, e alguns com redes sociais. Porém, esta situação piora quando existem páginas que colocam anúncios com código que permite usar os recursos do sistema para aplicações como mineração de criptomoedas, o que acabará por consumir demasiados recursos do seu sistema.

Isto é ainda mais grave em dispositivos móveis, como portáteis, smartphones e tablets, pois este consumo exagerado de recursos acabará por esgotar mais rapidamente a bateria do dispositivo, bem como o consumo de dados. Para evitar esses abusos, a equipa responsável pelo Chrome decidiu implementar uma política para limitar o consumo de recursos que cada anúncio poderá usar do sistema do utilizador.

Quando estes abusos são detectados, o próprio Chrome irá remover o anúncio, indicando a mensagem acima referida. Estes abusos são detectados quando os limites aplicados forem ultrapassados, ou seja, quando um anúncio gastar mais de 4 MB de dados de rede, bem como se consumir recursos do processador durante mais de 15 segundos num período de 30 segundos, ou mais de 60 segundos do uso total do mesmo.

Embora este tipo de anúncios represente apenas 0,3% do total, estes acabam por consumir 27% dos dados de rede, e 28% dos recursos de processador de todos os anúncios disponíveis. Esta funcionalidade será testada durante os próximos meses, para que possa vir a ser implementada no Chrome até ao final de Agosto, tanto para PC como para dispositivos móveis.