Geiger’s Ticking: o jogo sobre o desastre de Chernobyl criado por alunos finalistas da Lusófona

Geigers Ticking ©HotBrew Games
Geigers Ticking ©HotBrew Games

Um grupo de estudantes finalistas da Universidade Lusófona da licenciatura em Videojogos criou um jogo de terror inspirado no desastre nuclear de Chernobyl – Geiger’s Ticking.

Aqui somos Pavlo Kharchenko, um cientista que sobreviveu à explosão na central nuclear e que «tenta escapar do seu bunker» enquanto «lida com os efeitos secundários da radiação».

Depois de meses preso no bunker, Pavlo Kharchenko decide vestir o seu fato antirradiação e tem de encontrar uma saída.

«Geiger’s Ticking mistura a realidade da situação pós-apocalíptica da central nuclear com as alucinações provocadas pela da radiação excessiva, contraída pelo personagem no decorrer da gameplay», dizem os criadores do jogo.

Aqui, os jogadores vão «explorar uma variedade de cenários arrepiantes, enquanto utilizam meios alternativos para conseguir escapar da central nuclear, antes que a radiação (ou alguém) os corrompa».

Geiger’s Ticking deve chegar no final de 2020 e será desenvolvido pela produtora indie portuguesa HotBrew Games.