InternetNotícias

Youtube e Netflix baixam qualidade dos vídeos para evitar entupimentos na Internet durante a crise do Coronavírus

A grande quantidade de pessoas em casa durante a pandemia do Coronavírus está a pressionar muito a infraestrutura de comunicações.

netflix

Segundo uma notícia da agência Reuters, o YouTube juntou-se ao Netflix na intenção de reduzir temporariamente a qualidade da reprodução dos vídeos que estão nessas plataformas nos mercados europeus, de forma a minimizar o impacto do grande aumento na procura de serviços de streaming por haverem mais pessoas em causa devido à quarentena durante a pandemia do novo Coronavírus.

Segundo declarações do Youtube à Reuters, os vídeos serão reduzidos temporariamente à qualidade SD na União Europeia pode defeito.

Este decisão vem no seguimento do pedido feito pelo comissário europeu Thierry Breton às plataformas de streaming para reduzirem o consumo de largura de banda na Europa para não sobrecarregarem a infra-estrutura de Internet do continente sob pena de haverem interrupções de serviço em situações de teletrabalho ou ensino a distância.

O Netflix já tinha anunciado que iria reduzir o bitrate dos seus streams durante 30 dias, numa tentativa de reduzir o tráfego em 25 por cento. Segundo a BBC, o streaming de vídeo e os downloads de jogos são os serviços que mais largura de banda consomem. Em contrapartida os serviços usados no teletrabalho consomem consideravelmente menos recursos.

No entanto, vários ISP europeus dizem que as suas redes têm capacidade suficiente para conseguir aguentar utilização acrescida. Por exemplo, a British Telecom disse que, apesar de o consumo durante o dia ter aumentado 60 por cento, o consumo de largura de banda continua a ser metade da média do que é feito tipicamente durante a noite e que está longe de conseguir sobrecarregar a rede.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×