DesktopsReviews

Tsunami Magma Glow

Com o novo Magma Glow, a Tsunami volta “à carga” com um computador de gaming que é, não só, capaz de garantir um bom desempenho, como tem um design diferenciador.

Classificação

Medições9.5
Experiência9
Preço7

Gostámos

  • Originalidade da caixa
  • Desempenho

A rever

  • Preço

Ponto final

8.5Com o Magma Glow, disponível em exclusivo nas lojas Worten, a Tsunami mostra como é possível criar uma excelente máquina para jogar, com um visual diferenciador. Só é pena o preço elevado, para um computador de secretária.

Se procura um computador original, este Tsunami Magma Glow poderá ser uma boa escolha, especialmente se tivermos em conta que recorre à original caixa 309 da InWin, que além de oferecer bastante espaço no seu interior, inclui um painel frontal composto por 144 díodos em LED RGB, totalmente personalizáveis por software.

Através deste painel, poderá reproduzir animações, como simular um jogo de Space Invaders, criar um relógio digital ou em formato de ampulheta, entre muitos outros. Como se não bastasse, esta caixa conta ainda com quatro ventoinhas, no seu interior, com iluminação LED RGB personalizável – três colocadas na vertical num compartimento superior (ideal para a colocação de um radiador de 360 mm) e uma adicional, traseira, associada ao radiador de 120 mm do sistema de watercooling da CoolerMaster aqui instalado.

Primazia no processador
A razão da existência desse sistema deve-se ao processador aqui utilizado, um Intel Core i9-9900KS, uma edição especial criada pela Intel, de garante até 5 GHz de velocidade em todos os núcleos, quando usada a tecnologia Turbo. Poderá parecer insignificante, mas até hoje, a velocidade em modo Turbo dos processadores da Intel conseguia ser aplicada a um ou dois núcleos, nunca a todos.
Isto torna o Core i9-9900KS perfeito para quem quiser criar um computador para jogar, muito embora seja fundamental uma boa placa gráfica: a escolha recaiu numa Nvidia GeForce RTX 2060 Super, com 8 GB de memória GDDR6 dedicada. Embora uma RTX 2060 não fosse uma placa gráfica revolucionária, em termos de desempenho, esta versão Super oferece uma melhoria significativa, colocando-a ao nível da RTX 2070, tornando-se uma boa escolha para esta máquina.

Configuração e desempenho
O resto da configuração deste Tsunami Magma Glow inclui uma motherboard Asus TUF Z390-Plus Gaming, dois módulos de memória (8 GB, cada) Crucial Ballistix DDR-4 a 3000 MHz e uma unidade SSD Intel 660p de 512GB do tipo M.2 NVMe. Tudo isto resultou num computador capaz de oferecer um excelente desempenho, conforme poderá comprovar pelos resultados obtidos nos testes; porém, o preço pedido parece-nos algo exagerado para a configuração escolhida.
Também teríamos preferido a escolha de um processador menos potente, como um Intel Core i9-9900K. O dinheiro poupado seria investido numa placa gráfica superior, como uma GeForce RTX 2070 Super, uma escolha mais adequada se a ideia fosse jogar em monitores UltraWide ou com resolução 4K.


Distribuidor: Tsunami

Site: tsunami.pt

Preço: €2499


Benchmark

  • PCMark 10: 7326
  • PCMark 10 Productivity: 8934
  • 3D Mark Fire Strike: 21 088
  • 3D Mark Sky Diver: 52 254
  • FarCry 5 1080p Ultra: 123 fps
  • Shadow of Tomb Raider 1080p DX12 Highest: 107 fps

Ficha Técnica

Processador: Intel Core i9-9900KS a 3,2 GHz
Memória: 16 GB (2 x 8) DDR4 3000 MHz Crucial Ballistix
Armazenamento: 512GB GB SSD Intel 660p M.2 NVMe
Placa Gráfica: Nvidia GeForce RTX 2060 Super 8 GB GDDR6
Ligações: 2 x USB 3.1 Gen2, 4 x USB 3.1 Gen1, HDMI, DisplayPort, Gigabit Ethernet Lan, 3 x jack 3,5 mm, 2x PS/2 (Motherboard); 2 x HDMI 2.0b, 2x DisplayPort 1.4 (Placa Gráfica); 2 x USB 3.0 (Painel Frontal)
Dimensões: 508 x 502 x 215 mm
Peso: 17 kg

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×