Notícias

FCT apoia projectos e iniciativas de I&D de implementação rápida que respondam às necessidades actuais do SNS

Esta iniciativa tem por objectivo mobilizar a capacidade científica e tecnológica existente em Portugal ao serviço do combate ao coronavírus.

“RESEARCH 4 COVID-19” é uma linha de financiamento excepcional que a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) lançou esta terça-feira em colaboração com a Agência de Investigação Clínica e Inovação Biomédica (AICIB) para apoiar projectos e iniciativas de investigação e desenvolvimento (I&D) já em curso ou a desenvolver e que respondam às necessidades do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Esta iniciativa tem por objectivo mobilizar a capacidade científica e tecnológica existente em Portugal ao serviço do combate ao coronavírus, complementando as iniciativas já existentes e estimulando a reorientação de actividades em curso para este desafio.

O primeiro prazo de candidatura decorrerá até às 17h00 (hora de Lisboa) do dia 5 de Abril, e o segundo período terá em conta a evolução da situação e só será anunciado findo o primeiro período.

O financiamento de cada projecto será até 30 mil euros, para além dos recursos próprios associados a reorientação de equipas e actividades de I&D em curso nas unidades de I&D apoiadas pela FCT. Nesta fase, a FCT disponibilizará uma dotação orçamental de 1,5 milhões de euros para este programa, a financiar por fundos nacionais através do orçamento da FCT.

Os projectos e iniciativas de I&D podem considerar novas ferramentas de prevenção, desenvolvimento terapêutico, métodos de diagnóstico, estudos clínicos e epidemiológicos, assim como actividades de I&D que incluam uma componente sociocultural e acções de promoção de uma sociedade resiliente com capacidade de enfrentar o actual contexto de incerteza em que vivemos, sobretudo na população mais idosa e em grupos de maior risco.

Este apoio é dirigido a unidades de I&D das instituições do ensino superior e seus institutos, Laboratórios do Estado e outras instituições públicas de investigação, sociedades científicas ou associações científicas sem fins lucrativos, Instituições públicas ou privadas sem fins lucrativos, que poderão apresentar propostas individualmente ou em parceria, sendo obrigatória a participação de serviços e entidades prestadoras de cuidados de saúde. Entidades empresariais podem participar desde que em parceria com instituições de investigação.

A avaliação das propostas de I&D será feita por uma comissão que integra peritos designados pela FCT e a AICIB. O resultado da avaliação das propostas do primeiro período será comunicado até 20 de Abril.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×