DicasGuia completo

Como criar uma rede doméstica com adaptadores powerline

Em vez de gastar tempo e dinheiro a passar cabos de rede pela casa para criar uma rede doméstica, que tal usar a instalação eléctrica?

Apesar das redes wifi estarem presentes na grande maioria das casas, quer através do material fornecido pelos ISP, quer através de material comprado pelos utilizadores, na grande maioria dos casos, mesmo em casas relativamente pequenas, não chega a todo o lado. E quando chega a qualidade do sinal não é a melhor, o que provoca lentidão e em casos extremos a perda total de sinal.

É aqui que podem entrar as redes powerline. Estas redes, que foram pensadas inicialmente para o controlo de dispositivos em redes eléctricas comerciais, há anos que estão disponíveis para utilização em redes domésticas.

Existem essencialmente dois tipos de adaptadores powerline: os que oferecem apenas rede com fios, em que o dispositivo a que quer fazer chegar a rede tem de estar ligado fisicamente ao adaptador powerline através de um cabo de rede tradicional. E os adaptadores powerline com wi-fi que, para além de uma ligação com fios, também podem oferecer a possibilidade de ligação dispositivos através de uma rede sem fios.

Quais são as vantagens das redes powerline?

  • Facilidade de ampliação (ou criação) de uma rede local sem ter de fazer investimentos adicionais;
  • Facilidade de configuração;
  • Estabilidade da ligação;
  • Velocidade.

Quais são as desvantagens das redes powerline?

  • A velocidade pode degradar-se se estiverem ligados muitos aparelhos que injectem ruído na rede eléctrica (como máquinas de lavar, secadores de cabelo, fornos de microondas, etc);
  • A velocidade pode degradar-se se a instalação eléctrica for de má qualidade ou as tomadas não tiverem ligação de terra.

Normalmente os dispositivos powerline são adquiridos aos pares de forma a construir a rede facilmente, no entanto, se precisar de ampliar a rede powerline pode adquirir dispositivos em separado, necessitando apenas de os emparelhar com a rede powerline já construída.

Existem várias normas que são seguidas pelos vários fabricantes de material de rede powerline o que em teoria permitem que dispositivos de marcas diferentes consigam comunicar dentro de uma mesma rede. No entanto, é sempre aconselhável usar hardware do mesmo fabricante para assegurar a compatibilidade e o desempenho.

Diagrama Devolo
Este é um diagrama de uma ligação powerline com três adaptadores.

 

Desempenho

Apesar de muitos fabricantes anunciarem velocidades acima dos 2 Gbps para os seus produtos powerline, estas velocidades são apenas conseguidas em condições muito especiais e controladas. Realisticamente, em cenários reais, velocidades entre os 300 e os 500 Mbps são perfeitamente possíveis. Como foi mencionado acima, a velocidade numa rede powerline depende de muitos factores, como a qualidade da instalação eléctrica e a quantidade de dispositivos “barulhentos” que estão ligados.

 

Alcance

Tal como nas redes wi-fi, também as redes powerline têm um limite de alcance. Os principais fabricantes anunciam cerca de 500 metros, o que é perfeitamente possível. Mais uma vez, o alcance máximo da rede também depende da quantidade de dispositivos que injectem ruído na instalação. Outro factor relacionado com o alcance é que quanto maior for a distância maior será a degradação do sinal, logo menor será a velocidade que se consegue obter. Os cabos usados em redes de computadores têm muitas camadas de blindagem para tentar impedir que quaisquer ruídos electromagnéticos sejam apanhados pelo cabo, reduzindo assim a velocidade. Os cabos usados nas instalações eléctricas não têm normalmente estas blindagens o que os torna muito mais susceptíveis a captar ruído, daí a perda de velocidade mais acentuada quando os dispositivos powerline estão longe.

Cabo de rede
Ilustração da quantidade de camadas que tem um cabo de rede.

Segurança

Devido ao extremo alcance destes dispositivos, todas as comunicações entre eles é encriptada para evitar que vizinho que também use powerline se liga acidentalmente à sua, ou vice versa.

 

Ligação

Os adaptadores powerline têm de estar ligados directamente numa tomada. É desaconselhado ligarem-se a fichas triplas ou a réguas de tomadas porque a perda de sinal é muito grande e por isso impacta a velocidade da rede.

Tomadas powerline
Um exemplo da ligação de um dispositivo powerline em conjunto com uma régua de tomadas.

As réguas de tomadas com supressores de picos de tensão é que não podem ser mesmo usadas porque o supressor filtra o sinal, o que pode impossibilitar a sincronização dos dispositivos powerline.

Se tiver mesmo de usar uma régua de tomadas, ligue o dispositivo powerline directamente à tomada e ligue a régua à tomada de passagem de corrente que está presente na maioria destes dispositivos.

Devolo_powerline
Um adaptador powerline com uma tomada para fazer a passagem de corrente da tomada para qualquer outro dispositivo que tenha de ser ligado.

 

Powerline mais Wifi

Praticamente todos os fabricantes de dispositivos powerline oferecem produtos com e sem wi-fi. Se optar por um modelo com wi-fi tem de ter em atenção que, por defeito, quando liga os dispositivos pela primeira vez será criada uma rede wi-fi separada da que já tiver. Posteriormente pode existir a possibilidade de integrar o novo ponto de acesso à rede existente através da tecnologia mesh.

Ao contrário do que acontece com os extensores wi-fi, os dispositivos powerline com wi-fi não necessitam de ser instalados dentro do raio de alcance da rede sem fios existente. Isto porque o sinal de rede viaja pela instalação eléctrica. Isto permite, por exemplo, ter uma rede sem fios longe da rede principal.

 

Instalação

Antes de instalar aponte a chave da rede wi-fi que está no adaptador (se for o caso). Isto é necessário porque essa informação está num autocolante do lado que fica junto à tomada, logo, assim que ligar o dispositivo, não o consegue ver.

A instalação básica é muito simples: basta ligar um dispositivo a uma das saídas de rede com fios do router usando o cabo que acompanha os dispositivos powerline.

Depois liga esse dispositivo a uma tomada.

O segundo dispositivo pode ser colocado no sítio para onde quiser transportar o sinal de rede. Os dois devem sincronizar automaticamente passado uns segundos porque já vêm pré-emparelhados de fábrica.

Se necessitar de instalar mais um adaptador basta ligá-lo no sítio onde necessitar de sinal de rede e depois premir o botão de sincronização que pode estar à frente ou num dos lados, dependendo do modelo no novo dispositivo e também no que estiver ligado directamente ao router. Os LED frontais piscam e param quando estiverem sincronizados.

Se for o caso, quando tudo estiver sincronizado pode ligar-se à rede sem fios da forma normal (detectar a rede e inserir a password), depois pode usar as aplicações móveis que os vários fabricantes disponibilizam para configurar a rede sem fios e actualizar o firmware dos adaptadores.

Se se tratar de um kit powerline que não tenha wi-fi, pode ligar um computador directamente a um dos adaptadores com um cabo e aceder à interface de configuração usando um browser para configurar a rede e actualizar o firmware. 

Mais informação no vídeo acima.

PCGuia

4 comentários

  • o melhor é não o fazer, a qualidade é sofrível e o custo é mais elevado.
    é muito melhor usar cabo ou amplificadores wifi

  • Sinceramente, adaptadores powering não são muito eficazes e falo por experiência própria. Velocidade de download contratada (500mbps) -> velocidade através do powering de 1Gbps -> inferior a 50 Mbps. Instalação monofásica em casa, distância do router ao pc, poucos mais de 10mts. Basicamente uma verdadeira desilusão

    • Tudo depende da instalação e do que estiver ligado entre o adaptador que está ligado ao router e o outro adaptador. Como digo no texto, uma velocidade realista é entre 20 e 50 por cento da velocidade anunciada. Por outro lado, também existem muitas diferenças de desempenho entre os kits powerline dos vários fabricantes e até mesmo dentro das ofertas do mesmo fabricante.

  • Adoro… “em vez de gastar dinheiro e tempo a passar cabo use soluções powerline”
    Cabo ethernet <0,5€/metro
    Powerline preço de entrada do aceitável 70€…

Os comentários estão encerrados.

Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×