HardwareNotícias

China já tem um processador x86 de 8 núcleos fabricado localmente

A China quer ser auto-suficiente em processadores e acaba de lançar um novo processador x86 fabricado pela Zhaoxin.

Processador China

A Zhaoxin, uma empresa de desenho de chips baseada em Xangai produziu um processador x86 que está pronto para entrar no mercado. A série de processadores KaiXian KX-6000 da Zhaoxin foi apresentada originalmente em 2018, mas desde essa altura pouco se soube.

Soube-se agora que, aparentemente, o processador KX-U6780A vai chegar ao mercado este trimestre, a loja online Taobao indica que vai estar disponível a partir de Março.

Para quem não sabe, a Zhaoxin é uma parceria entre a VIA Technologies e o Governo Municipal de Xangai. O design do CPU da empresa tem como base o trabalho feito pela Centaur Technology, uma empresa que foi adquirida pela VIA em 1999. O desenho do núcleo Nano Isaiah da VIA, construído pela Centaur, serviu de alicerce para os primeiros processadores da Zhaoxin.

O design Isaiah foi o primeiro processador superescalar da Centaur capaz de execução especulativa. Aparentemente foi o que abriu caminho para os núcleos LuJiaZui desenhados pela Zhaoxin porque também estes foram construídos usando uma arquitectura superescalar capaz de execução especulativa. A LuJiaZui aparenta ser uma nova iteração da arquitectura Wadaokou, mas também suporta extensões de grupos de instruções como os AVX e SSE4.2, o que se trata de uma grande evolução no contexto dos objectivos da China para os seus processadores desenhados e fabricados no país.

O KaiXian KX-U6880A aparenta ser o topo de gama, com o modelo KX-U6780A que tem uma velocidade ligeiramente mais baixa a seguir. Todos os chips da série KX-6000 são baseados na arquitectura LuJiaZui, com oito núcleos e oito threads. O processo de fabrico de toda a série é o de 16 nm FinFET da TSMC, com frequências de relógio que vão dos 2,7 aos 3 GHz num formato BGA com 35 por 35 mm.

Recentemente um canal de Youtube em chinês dedicado a tecnologia publicou um vídeo em que mostra um processador KX-U6780A instalado numa motherboard mini-ITX C1888. Olhando especificamente para o KX-U6780A, o chip tem uma TDP de 70W, um controlador de memória DDR4-3200 dual-channel, suporte para DirectX 11, interfaces de entrada/saída modernos como: SATA, USB e PCIe 3.0 e 8 MB  de cache L2. Curiosamente o chip não tem cache L3.

Motherboard China

 

A motherboard C1888 aparenta ser construída pela Shenzhen Cjoyin Electronics, tem duas ranhuras para memória RAM SO-DIMM DDR4  que suportam memórias DDR4-3200. Estão presentes também entradas mSATA e SATA e como se trata de imagens de um protótipo, supostamente a versão final ira suportar armazenamento NVMe e coolers standard.

MB China 2

Segundo a Zhaoxin, o desempenho da série de processadores KX-6000 será semelhante à do Intel Core i5-7400, um chip de arquitectura Kaby Lake lançado em 2017. No vídeo publicado pelo canal Youtube chinês também se podem ver alguns benchmarks feitos nesta unidade, onde se inclui o Cinebench R20, em que o novo processador conseguiu obter 845 pontos, o que o coloca em pé de igualdade com um Intel Pentium G4600 ou AMD FX-6300.

Foi também utilizada uma placa gráfica RTX 2060 Super, para testar jogos, onde este hardware foi capaz de obter 60 FPS nos títulos utilizados. Contudo, estes jogos não pareceram utilizar o processador muito intensivamente e também não é fornecida qualquer informação acerca das condições em que os testes foram feitos.

Embora estes novos processadores estejam ainda longe do que os produtos da Intel e AMD mais recentes conseguem fazer, a Zhaoxin tem planos ambiciosos para o conseguir em 2021. A próxima série KX-7000 será já construída usando o método de 7nm da TSMC e suportará memória RAM DDR-5, PCIe 4.0 e terá um processador gráfico integrado mais avançado.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×