Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020
Notícias

Nova Canon EOS 1DX-Mark III chega em Fevereiro a Portugal

Será já no próximo dia 28 de Fevereiro que chegará a Portugal a nova máquina todo de gama da Canon, a EOS 1DX Mark III. Dando continuidade ao design e capacidades que, desde o lançamento da EOS-1 em 1989, têm sido a referência para todos os profissionais de desporto e vida selvagem, a nova EOS 1DX Mark III utiliza um sensor de imagem CMOS Full-Frame de nova geração, que permite uma captação ainda mais rápida e com menor ruído, independentemente da situação.

Com um total de 20,1 milhões de pixéis, este sensor oferece a maior amplitude de ISO de uma câmara da Canon até à data, ao suportar, usando as definições expandidas de ISO, de um ISO 50 a 819.200. Isto permitirá captar imagens nas mais variadas condições, garantindo ao mesmo tempo um menor nível de ruído comparativamente aos sensores actualmente disponíveis. Igualmente relevante é o maior alcance dinâmico permitido pelo sensor, bem como o novo e revolucionário filtro de passagem baixa, que além de reduzir o efeito anti-aliasing, garante imagens mais nítidas e com maior resolução, ao mesmo tempo que previne o efeito moiré das imagens.

Trabalhando em conjunto com o novo processador de imagem DIGIC X, é possível captar até 16 imagens por segundo usando o visor óptico, ou 20 imagens por segundo recorrendo ao modo Live View, podendo neste modo usar tanto o obturador mecânico como o electrónico, sempre com focagem automática. Neste campo, a Canon aplicou um novo sistema e um novo sensor AF, que permite maior estabilidade e rastreio melhorado, usando uma resolução central 28 vezes superior à da sua antecessora, e três vezes o número de pontos de focagem, com um total de 191 pontos seleccionáveis, dos quais 155 são pontos cruzados.

O processador DIGIC X já está preparado para trabalhar com deep learning, permitindo ao sistema AF da câmara de conseguir identificar motivos humanos numa variedade de situações desportivas, garantindo assim uma focagem precisa em situações de alta velocidade, sempre com um rastreio eficaz. O sistema permite assim focar-se na cabeça ou no rosto dos atletas, usando os olhos dos mesmos como principal ponto de foco, mesmo que estes estejam tapados por capacetes ou óculos. Fisicamente a nova EOS 1DX Mark III é idêntica à sua antecessora, o que permitirá uma adaptação imediata para utilizadores da mesma00.

Até as baterias são idênticas (LP-E19), embora seja agora possível captar até 2850 fotografias por carga, um valor significativamente superior às meras 1210 fotografias captadas na EOS 1DX Mark II. Igualmente inovador é a utilização dos novos cartões CFexpress, que permite uma velocidade de escrita três vezes superior aos actuais cartões CFast, permitindo assim captar sequências de mais de 1000 imagens em formato RAW, formato esse que se junta ao novo formato HEIF, que permite gravar imagens comprimidas, baseadas no codec HEVC, com 10 bits de dados num formato com tamanho equivalente ao JPEG, mas com menos artefactos, devido à compressão mais eficaz.

Em termos de vídeo, a EOS 1DX Mark III consegue captar vídeo até 5.5K (5472 por 2886 pixéis) num ficheiro RAW (CRM) de 12-bits, recorrendo a toda a área do sensor. Consegue ainda gravar utilizando o perfil Canon Log Gamma, captando vídeos em ficheiros HEVC/H.265 de 10-bits, e ficheiros em formato MP4. Esta é a primeira máquina da Canon, fora da série EOS Cinema, a suportar tais capacidades. A nova Canon EOS 1DX Mark III chegará a Portugal já no próximo dia 28 de Fevereiro, com um PVP de 7.539,99 euros.

PCGuia