Aprenda a esconder e proteger os seus ficheiros

PT Empresas cibersegurança

A segurança dos dados é cada vez mais importante e, se não queremos que outras pessoas tenham acesso a essas informações e aos nossos ficheiros ou pastas, há muitas maneiras de nos protegermos. Vamos mostra-lhe como, começando pelos métodos de segurança mais baixa até aos mais seguros.

1 – Fácil e rápido
Mudar o nome aos ficheiros pode ser uma forma de os esconder de terceiros. Apesar de não ser realmente seguro é muito fácil de fazer e pode evitar olhares indiscretos. Seleccione um ficheiro, por exemplo um extracto bancário, clique no mesmo com o botão direito do rato, escolha ‘Mudar o nome’ e escreva algo diferente do conteúdo como ‘receitas’ e já está.

2- Esconda as pastas
O Windows já esconde uma série de pastas e ficheiros por defeito (como os de sistema), para evitar que sejam acidentalmente alterados ou apagados – nós podemos usar esta abordagem nos nossos documentos. Clique com o botão direito do rato numa pasta que queira esconder e depois seleccione ‘Propriedades’. Em seguida, escolha a opção ‘Oculto’ e faça ‘Aplicar’. No nosso caso vamos esconder a pasta ‘eCommerce’.

No entanto, está poderá não ser a melhor a opção já que é fácil ver as pastas que tem escondidas no computador: basta ir ao menu ‘Ver’ dentro do Explorador de Ficheiros do Windows e seleccionar a opção ‘Itens ocultos’, para ver tudo o que está escondido.

3- Esconder um disco inteiro
Além de esconder pastas, também podemos ocultar drives ou partições inteiras. Suponhamos que tem um disco com o sistema operativo e outro onde coloca as suas fotos ou documentos sensíveis e que quer esconder este último para que não esteja visível a pessoas que tenham acesso ao seu PC. O processo é relativamente fácil e bem mais seguro que os anteriores. Para tal, basta abrir o ‘Explorador de Ficheiros’ e, na área ‘Este PC’, clicar com o botão direito do rato e escolher ‘Gerir’. Na nova janela, seleccione ‘Gestão de discos’ para ver todas as drives e partições que tem no computador; coloque o rato em cima da que quer esconder, clique com o botão direito em ‘Alterar a letra e caminho da unidade …’ e, em seguida, em ‘Remover’. Isto fará com que o disco ou partição deixe de aparecer no ‘Explorador de Ficheiros’. Se quiser restaurar a visibilidade do disco, basta repetir o processo, mas em vez de ‘Remover’, clicar em ‘Adicionar’.

4- Esconder ficheiros numa imagem
Outra opção que pode usar é esconder um ficheiro dentro de um JPG ou PNG. Para começar, escolha o ficheiro que quer ocultar e depois comprima-o com a opção ‘Enviar para’ > ‘Pasta comprimida (zipada)’. Abra o ‘Explorador de ficheiros’ e coloque a nova pasta criada dentro de uma nova com a imagem onde quer esconder o ficheiro; depois, na barra de endereços, escreva cmd e dê um ‘Enter’. É na janela que aparece da Linha de Comandos que vamos fazer a junção dos ficheiros: escreva copy /b [nome do ficheiro da imagem]+[nome da pasta zipada] [nome do ficheiro de saída] e faça ‘Enter’. No nosso caso ficou: ‘copy /b disco.jpg+Esconder-ficheiros.zip disco2.jpg’.

Depois desta acção, um novo ficheiro JPG vai aparecer na pasta com o nome que indicámos. Para ver o que está escondido na fotografia basta separar os dois ficheiros (imagem+ZIP) com o WinRAR. Depois de instalar o programa terá de mudar a extensão do ficheiro criado na Linha de Comandos para RAR através do ‘Mudar o nome’ como no Passo 1, no nosso caso de disco2.jpg para disco2.rar. Depois de fazer esta modificação, extraia o ficheiro e terá os dois documentos originais.

5 – Criar ficheiros com password
O WinRAR também permite criar pastas ou ficheiros protegidos com password, de forma rápida e fácil. Escolha os ficheiros que quer proteger e, depois, com o botão direito do rato, clique em ‘Adicionar ao arquivo…’ > ‘Definir palavra-passe’ e escreva a password pretendida e faça ‘OK’. Sempre que quiser abrir esses ficheiros ou pastas, faça duplo clique sobre eles e ser-lhe-á pedido a palavra-passe para ter acesso.

6- Criar um cofre pessoal
Os ficheiros protegidos com password são bastante seguros, mas ter de adicioná-los e removê-los constantemente um a um é uma tarefa demorada e aborrecida. Por isso, quanto tem muitos ficheiros para proteger, a melhor opção é criar um cofre (vault) pessoal com o VeraCrypt para guardar todos os documentos.

Instale e abre o programa, clique numa das letras que drives que aparecem em ‘Create Volume’. Depois escolha a opção ‘Create an encrypted file Container’ > ‘Standard VeraCrypt volume’ e indique a localização do cofre em ‘Select File…’.

Se quiser criar o vault numa pen, introduza-a numa entrada USB e selecciona-a. Faça ‘Next’, deixe as opções de encriptação que estão por defeito (AES), volte a clicar em ‘Next’, escolha uma palavra-passe e siga as instruções para terminar a encriptação.

Para abrir o cofre basta ir ao menu ‘Volumes’, escolher ‘Select file’ e a letra da drive que escolheu em cima e fazer ‘Mount’. Depois basta colocar e password e o cofre associado a essa drive ira aparecer no Explorador de Ficheiros do Windows. Para fechar o vault faça o mesmo procedimento, mas clicando em ‘Dismount’.

Tenha em atenção que nunca se poderá esquecer da password do seu cofre do VeraCrypt, sob pena de não conseguir desencriptar os ficheiros.