OpiniãoPraia das Maçãs

Frenesim pequenino

Então? Estão a dominar o frenesim de querer um iPhone novo ou têm o assunto controlado?

iPhone 11 KeynoteiPhone 11 Keynote

Não vi a keynote em tempo real e passaram demasiados dias até que arranjasse um tempinho para a poder ver de fio a pavio, mas não fiquei indiferente à chuva de notificações que ocorreu nos meus ecrãs durante e após o evento da Apple.

Estes eventos já não são o que eram… não estou a referir-me à qualidade dos produtos mas das próprias apresentações. É demasiada gente em palco, parece um casting de uma novela, com pessoas de ritmos e capacidades diferentes para falar em público. O nível de captação de interesse do observador está muitíssimo longe do que já foi. Menos gente e mais treino de oradores e ganhar-se-ia qualquer coisa. É evidentemente uma posição pessoal, mas não deve andar muito longe da opinião média geral.

Pièce de résistance: a nova linha de terminais telefónicos baptizados iPhone 11 (o herdeiro natural do iPhone XR), 11 Pro e 11 Pro Max. Não me ocorre muita coisa no capítulo da adjectivação, mas das primeiras perguntas que me coloquei foi «Pro? Queres ver que agora temos uma nova designação de utilizadores de telefones?».

Não é por acaso que a maioria dos fabricantes tem “empurrado” a designação dos produtos para a gaveta do ‘profissional’. Acho um bocadinho ridículo e irritante como se agora fôssemos todos o crème de la crème dos utilizadores (o que sabemos não ser completamente verdade), mas também sabemos que o que define o ordinário do extraordinário é aquele pequeno “extra”.

E assim o marketing da indústria vai forçando a característica fotográfica, fazendo-nos crer que somos todos um Cartier-Bresson. Condições técnicas para isso, não haja dúvida que temos. A Apple perdeu, faz algum tempo, a luta do topo das câmaras nos telefones e teve de fazer algo de mais arrojado que a concorrência. Não muito, é certo, mas fez. Os dois telefones topo de gama têm agora capacidades de telefoto e grande angular. Deverá ser o maior avanço nas especificações desde o ‘Modo Retrato’ do iPhone 7 e 7 Plus. Se pensarmos no que a concorrência fez durante essa janela temporal, qualquer um dirá «já não era sem tempo…». Para modelos com 5G, muito provavelmente só em 2020. Frenesim? Talvez. Mas pequenino, por enquanto.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×