MobilidadeReviews

Lenovo Legion Y540

Hoje em dia é difícil ficarmos desiludidos com os mais recentes computadores para gaming. Este Legion Y540 da Lenovo é um excelente exemplo disso.

Classificação

Medições 6.5
Experiência9
Preço8

Gostámos

  • Desempenho
  • Teclado confortável

A rever

  • Posicionamento e qualidade da webcam

Ponto final

7.8Graças ao bom desempenho da nova GeForce GTX 1650, este Y540 da Lenovo consegue oferecer uma óptima relação preço/desempenho face ao Legion Y740 anteriormente testado.

Visualmente idêntico ao Legion Y740 que já testámos, o Y540 partilha o mesmo design distinto e arrojado, onde destacamos o posicionamento da base do monitor, colocado logo a seguir ao teclado, em vez de estar na extremidade do chassis do computador, como é habitual.

Este ecrã, tal como no anterior modelo testado, destaca-se por usar um painel IPS de 15,6 polegadas FullHD, capaz de surpreender pela excelente qualidade de imagem e velocidade na actualização: tem 144 Hz. Este tipo de ecrã está, habitualmente, associado a placas gráficas de alto desempenho; aqui fomos surpreendidos por este não ser o caso, embora a controladora dedicada Nvidia GeForce GTX 1650 tenha sido capaz de gerar resultados muito próximos daqueles que habitualmente encontramos em sistemas equipados com a anterior GeForce GTX 1060.

Desempenho adequado
Apesar de não ser um modelo de topo (custa praticamente metade do Legion Y740), este portátil da Lenovo é capaz de oferecer um bom desempenho. Conforme referimos, a placa gráfica aqui utilizada é a novíssima GeForce GTX 1650, com a nova arquitectura Turing, embora sem Ray-Tracing e IA, conferindo assim um desempenho superior ao da anterior GeForce GTX 1050 Ti, resultado esse que ficou comprovado nos testes. Para isto foi fundamental o contributo do resto dos componentes aqui utilizados, como foi o caso do Core i7-9750H, um processador de última geração da Intel, que face ao seu antecessor, o Core i7-8750H, viu a arquitectura interna manter-se nos seis núcleos com Hyper-Threading. Contudo, a velocidade subiu dos anteriores 2,2 GHz para os actuais 2,6 GHz, podendo ainda chegar aos 4,5 GHz (4,1 GHz no seu antecessor) quando utilizado o modo Turbo. O resto da configuração conta com 8 GB de memória RAM DDR4 a 2666 MHz e uma unidade SSD M.2 NVMe de 512 GB.

Jogar e trabalhar
Mesmo com um visual mais orientado para os adeptos de videojogos, as dimensões das teclas, a sua própria curvatura, bem como o curso das mesmas, e a precisão do touchpad, acabam por o tornar extremamente agradável para uma utilização quotidiana. Só é pena que os 2,3 kg o impeçam de se tornar um dispositivo mais transportável, ao contrário das suas dimensões, estranhamente compactas. Apenas a moldura tem uma dimensão acima do normal, devido à inclusão da webcam com 720p, sendo esta uma posição que continuamos a criticar, devido ao ângulo de captação ser o menos lisonjeiro para quem está a ser filmado, bem como pela qualidade limitada da imagem.


Distribuidor: Lenovo

Site: lenovo.com/pt

Preço: €1199


Benchmarks

  • PCMark 10 – 5544
  • PCMark 10 Productivity – 7536
  • 3D Mark Fire Strike – 7 988
  • 3D Mark Sky Diver – 25 177
  • FarCry 1080p Ultra – 56 fps
  • Shadow of Tomb Raider 1080p Highest DX12 – 43 fps

Ficha Técnica

Processador: Intel Core i7-9750H a 2,6 GHz (4,5 GHz Turbo Boost)
Memória: 8 GB DDR4 2666 MHz
Armazenamento: 512 GB SSD PCIe NVMe
Placa Gráfica: Nvidia GeForce GTX 1650 4 GB
Ecrã: 15,6” IPS 144 Hz (1920 x 1080)
Ligações: USB-C 3.1 Gen2, 3 x USB 3.1 Gen1, Mini DisplayPort 1.4, Gigabit LAN, HDMI 2.0, jack 3,5 mm
Dimensões: 365 x 260 x 25,9 mm
Peso: 2,3 kg

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×