NotíciasSegurança

Ataques DDoS aumentam 18% no segundo trimestre de 2019 face ao ano anterior

O ataque mais longo de DDoS no primeiro trimestre de 2019 durou 509 horas.

No segundo trimestre de 2019, o número total de ataques DDoS cresceu 18%, em comparação com o mesmo período em 2018.

De acordo com o relatório de DDoS da Kaspersky, relativo ao segundo trimestre de 2019, o número de ataques neste período é menor (44%) face ao primeiro quadrimestre do ano. Contudo, quando comparado com o mesmo período em 2018, a quantidade de ataques DDoS aumentou 18%. Relativamente ao segundo trimestre de 2017, o aumento é de 25%.

Porém, a diminuição sazonal de ataques teve um efeito insignificante no número de ataques na camada de aplicação, reduzindo apenas 4% em comparação com o trimestre anterior. Este tipo de ataques afectam determinadas funções ou APIs das aplicações, com o objectivo de consumir não só a rede, mas também os recursos do servidor.

São também mais difíceis de detectar e de garantir protecção contra eles, uma vez que envolvem a realização de pedidos legítimos. Já em comparação com o segundo trimestre de 2018, a quantidade deste tipo de ataques aumentou cerca de um terço (32%) e a sua difusão no segundo trimestre de 2019 subiu para 46%.

A análise de comandos recebidos por bots dos servidores de comando e controlo (C&C) revelaram que o ataque mais longo de DDoS no primeiro trimestre de 2019 durou 509 horas.

Este foi o ataque mais longo desde que a Kaspersky começou a monitorizar a actividade de botnets em 2015. Antes deste ataque, o mais longo tinha sido registado no quarto trimestre de 2018, com a duração de 329 horas.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×