Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019
Reportagem PC Guia

Federico Borella eleito Fotógrafo do Ano nos Sony World Photography Awards 2019

Five Degrees - Federico Borella SWPA

O fotógrafo italiano Federico Borella foi o grande vencedor do prémio Fotógrafo do Ano, para a edição de 2019 dos Sony World Photography Awards, com a sua série de fotografias intitulada de Five Degrees. Esta série revela a situação catastrófica de seca extrema, a paior nos últimos 140 anos, na comunidade agrícola de Tamil Nadu, no Sul da Índia, que tem contribuído para um elevado número de suicídios masculinos. Através de uma mistura comovente e poderosa de imagens, Borella consegue assim associar o impacto das mudanças climáticas nesta região agrícola com a sua comunidade, através de retratos com lembranças dos fazendeiros falecidos e os retratos dos que ficaram para trás.

Mas a noite de gala da entrega dos prémios Sony World Photography Awards, que decorreu novamente em Londres, teve mais vencedores em diversas categorias, tendo outro dos grandes prémios da noite sido atribuído a Nadav Kander, que recebeu o prémio de Contribuição Excepcional para a Fotografia, como sendo um reconhecimento pela sua carreira de sucesso, com trabalhos impressionantes que cobrem desde paisagens atmosféricas até retratos de celebridades.

Nadav Kander – SWPA

No concurso de Fotógrafo do Ano em Concurso Aberto, a vitória coube à fotógrafa havaiana Christy Lee Rogers, com a sua série Muses, do qual a organização destacou a fotografia apelidada como Harmony, como sendo a mais cativante. Esta fotografia foi, segundo a artista, inspirada pela beleza e vulnerabilidade da humanidade. Neste retrato, Rogers usou os contrastes de luz, escuridão, cor, movimento e cascata de corpos subaquáticos para criar uma cena etérea, que sugere a pintura barroca.

Christy Lee Rogers – SWPA

Para a categoria de Concurso Juventude, o prémio coube à estudante americana Zelle Westfall, de Atlanta, com a imagem Abuot, usando o tema da diversidade. Já na categoria de Concurso Estudantes, o prémio coube ao estudante Valenciano Sergi Villanueva, com a sua série fotográfica La Terreta, um retrato evocativo da sua terra natal, através do processo local de cultivo e colheita de laranjas. Villanueva, nesta categoria, representou a sua instituição de ensino, a Universidade Jaume I, tendo através deste prémio ganho €30.000 em equipamentos fotográficos Sony, para usufruto da Universidade.

La Terreta – Sergi Villanueva SWPA

Relativamente aos vencedores na Categoria Profissional, venceu o Alemão Stephan Zirwes na categoria de Arquitectura, a Belga Rebecca Fertinel na categoria de Breve, a Holandesa Marinka Masséus na categoria de Criatividade, os italianos Jean-Marc Caimi e Valentina Piccinni na categoria de Revelação, o Italiano Federico Borella na categoria de Documentário, a britânica Yan Wang Preston na categoria de Paisagem, o Holandês Jasper Doest na categoria de Mundo Natural e Vida Selvagem, o Espanhol Álvaro Laiz na categoria de Retrato, o Italiano Alessandro Grassani na categoria de Desporto e os Franceses Nicolas Gaspardel & Pauline Baert, na categoria de Natureza Morta.

Todos os vencedores receberam equipamento de imagem digital da Sony, publicação no livro dos vencedores e o seu trabalho será mostrado, como parte da Exposição Sony World Photography Awards de 2019, na Somerset House, em Londres, que estará disponível até ao próximo dia 6 de Maio. Se não puder ir a Londres, conheça aqui todos os trabalhos dos vencedores do Sony World Photography Awards 2019.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×