InternetNotícias

MySpace “perdeu” 12 anos de música

Tudo o que foi carregado na rede entre 2003 e 2015 desapareceu...

Wikicommons

Os números são impressionantes: 50 milhões de temas musicais pertencentes a 14 milhões de autores que foram carregados para a rede social MySpace desapareceram.

No início das redes sociais, o MySapce era uma das maiores, hoje pouca gente se lembra que existiu e muitos nunca ouviram falar dela. Agora, apesar de continuar online muito do conteúdo foi perdido (leia-se: apagado) durante uma migração dos servidores.

Segundo uma notícia publicada no site CNET, apareceu uma mensagem na parte superior do website que diz o seguinte: “Em resultado de um projecto de migração de servidores, quaisquer fotos, vídeos e ficheiros de áudio que tenha carregado há mais de três anos, podem já não estar disponíveis no, ou a partir, do MySpace. Pedimos desculpa pelo sucedido. Se necessitar de mais informação por favor entre em contacto com o nosso Data Protection Officer em [email protected]

Não foi dada mais nenhuma informação, mas segundo Andy Baio, ex-CTO (Chief Technology Officer) do Kickstarter, comentou no Twitter que o MySpace conseguiu perder 50 milhões de músicas de 13 milhões de artistas. No mesmo Tweet, Baio também sugere que não tenha sido um acidente, mas antes uma desculpa para evitar o trabalho e os custos de importar essa enorme quantidade de conteúdo.

Isto é mais um lembrete de que não existem garantias de disponibilidade online de um qualquer conteúdo quando está à guarda de terceiros. Algumas conversas no Reddit indicam que alguma da música que foi perdida seria única e que não poderá ser recuperada.

A última vez que o MySpace apareceu nas notícias foi em 2016 quando veio a público que o site tinha sido atacado em 2013 e que mais de 360 milhões de registos que continham endereços de email e passwords foram roubados.

PCGuia
Este site utiliza cookies. Ao continuar a utilizá-lo estará a aceitar a nossa política de privacidade e os nossos Termos de utilização. Mais informação acerca da forma como utilizamos cookies está disponível aqui.
×